RSS

Reescrevendo a Mitologia Grega

20 set
God of War

God of War

Quando me perguntam de bate pronto, – Qual o jogo você acha o melhor? Eu nunca tenho a resposta para um único jogo, tenho em mente os Top 5, dentre estes top 5 estão God of War I e II.

Tem muita gente que não consegue ver por que tantas pessoas gostam deste jogo (da mesma forma que eu não entendo como tem tanta gente que gosta de jogo de tiro), abaixo explico o que me deixou de queixo caído quando joguei o primeiro título da franquia.

Primeira coisa, se você gosta de mitologia grega, já tem meio caminho andado para se encantar pelo jogo. O estudo feito, os detalhes, aquelas coisas que vão além do Livro de Ouro da Mitologia, estão neste jogo, a forma como as coisas se encaixam, a forma como o personagem principal (que existiu na mitologia, mas é um zé ninguém de oitavo escalão) interage com os personagens clássicos e com todos os eventos mitológicos foram feitos de maneira perfeita pelo designer chef David Jaffe. David fez com que a história fluísse de tal forma que você acredita perfeitamente que Kratos fez parte de tudo aquilo.

Um segundo ponto que foi muito bem trabalhado, é a questão dos controles, em questão de 15 minutos os 14 botões do joystick se tornam uma extensão do seu braço, as coisas acontecem de maneira fácil, você consegue fazer combos cinematográficos sem precisar de 28 horas de treino, isto atende as pessoas que querem “jogar bonito” e não só ficar espancando o quadrado! Por outro lado, se seu interesse é só a história, você pode apertar o quadrado várias vezes e resolver alguns quebra-cabeças que você vai chegar ao fim sem problemas.

História.

Deste ponto em diante vai ser Spoiler um atrás do outro. Siga por conta e risco, e vamos falar a verdade, este jogo é de 2005, até hoje você não jogou, se mate!!!

God of War I começa com nosso herói Kratos, no topo do monte Olimpo, pulando do penhasco comentendo assim suicídio. No instante que atinge a água sobe a mensagem, 3 semanas antes…

… agora Kratos esta em um barco indo para Atenas, cidade que esta sendo assolada pelo Deus da Guerra, Ares. Um problema imediato é que para chegar até a cidade existe uma Hydra que esta impedindo esta passagem, aqui já começa a interação e o mistério do jogo. Interação pois Posseidon, deus dos mares, da um poder especial (Posseidon´s Rage) para que Kratos possa vencer a besta do mar, e o mistério acontece por conta de que várias pessoas que estão presas e vão morrer, elas preferem este destino do que receber a ajuda do fantasma de esparta, apelido por qual Kratos é conhecido. Por que isto?

Muito da história acontece em forma de flashback, você joga e entra um vídeo contando a história do herói (ou anti-herói, como queiram), são nestas cenas que você vê Kratos, não como um fantasma, e sim como um general espartano que tem Ares como seu principal deus, e é este mesmo general que fará coisas inimagináveis para prestar a homenagem ao Deus da Guerra. É impressionante, quando eu joguei a primeira vez, eu simplesmente não conseguia parar. Este mistério te pega de uma forma que você quer saber por que ele ficou com a pele branca? Por que ele tem a mancha vermelha? O que aconteceu com sua família? E Assim por diante.

Voltando ao jogo, já neste início eles deixam bem claro que Kratos era uma pessoa muito violenta, já antes da transformação, e isto só tende a piorar. Após derrotar a Hydra, Atena (Deusa da Sabedoria) da vida a uma estátua e pede ajuda a Kratos.

Nosso herói sofre com o que ele fez no passado, e faz a seguinte proposta: Ajudará os deuses mais uma vez e em troca disso quer que suas memórias sejam apagas, Atena diz, que caso ele tenha sucesso em sua missão, todos os seus pecados serão perdoados!

Para ele, é tudo que necessita para lutar com toda sua força. Ares esta destruindo a cidade Atenas e para impedir isto a Oráculo da cidade informa que Kratos precisará de poder além do compreensível para conseguir enfrentar um Deus, e este poder somente se tornará acessível recuperando a Caixa de Pandora, a busca se inicia, Kratos vai até ao templo de pandora, que fica nas costas de Kronos (pai de Zeus e, teoricamente, o último dos Titans). Depois de algumas horas de jogo você recupera a caixa e consegue o poder necessário para encarar Ares e vence a luta, tornando-se o primeiro Mortal a conseguir matar um Deus. Só que algo de parece ter ocorrido com Kratos, suas memórias continuam intactas. Quando ele vai conversar com Atena ela diz, que como havia prometido, seu passado foi perdoado pelos deuses, mas as brutalidades que ele fez jamais poderiam ser esquecidas. Sentindo-se traído pelos deuses Kratos sobe até o topo do Olimpo para suicidar-se. Voltando para o início do Jogo. Quando Kratos atinge a água, imediatamente Atena o resgasta e informa que como ele matou o Ares, um trono ficou disponível no Olimpo, desta forma Kratos assume este trono tornando-se o novo Deus da Guerra.

O que eu contei aqui foi um resumo do resumo da história, tem muitas questões que deixam o enredo muito mais rico. É contado a relação de Zeus com Kronos, é explicado por que Kratos é tão temido, tem a Morte e a volta de Kratos dos domínios de Hades, é dito o que representa a pele branca, o que aconteceu com sua família e muito mais. Mas muitas respostas somente são dadas nos outros jogos.

Extras.

Muita coisa boa e para deixar você com mais curiosidade estão nos Extras do jogo.

Pai de Kratos


Vídeo do Irmão Perdido (Esta história é retomada no título do PSP Gosth of Sparta)

Dublagem (God of War 2)

Como já disse, eu não gosto de jogo de primeira pessoa, mas de tanto me falarem que Bioshock é um jogo bom, resolvi joga-lo e gostei. Não gostei do estilo, mas a história e realmente muito boa. O mesmo eu digo agora, você pode até não gostar de jogo em terceira pessoa, mas se você ainda não fez isso, de uma chance ao God of War e se surpreenda com a história. A forma como ele escapa dos domínios de Hades até hoje eu quase choro de tão bem amarrada que ficou!

Como se trata de um BestSeller, é bem fácil conseguir o 1 título, com 20 reais, você compra o jogo original para play20 em qualquer Lojas Americanas, com um pouquinho mais, você compra a edição remasterizada de GoWI e GoWII para play3 ou na PSN pode compara e baixar, é diversão garantida.

That´s All Folks
@hugomagalhaes
@eugostodejogar

About these ads
 
9 Comentários

Publicado por em 20/09/2011 em Vídeo Game

 

Tags:

9 Respostas para “Reescrevendo a Mitologia Grega

  1. Franciolli Araújo

    20/09/2011 at 2:20 PM

    Fiquei fã incondicional da série God of War e quanto a Bioshock, foi o primeiro jogo de tiro que me deixou intrigado o suficiente para jogar, embora só tenha jogado o 2.

    Fantástico post.

     
    • Hugo

      20/09/2011 at 3:22 PM

      Para se ter uma idéia, houve uma quebra de paradigma para mim. Quando eu penso em um Deus da Guerra, eu imagino Kratos e não Ares. Para constar, foi lançado hoje na PSN os dois Jogos do PSP remasterizado para Play 3, Já estou jogando o Chain of Olympus e digo que vale muito a pena. Abraço e obrigado pelo comentário!

       
  2. Rafael (Draugor)

    20/09/2011 at 3:37 PM

    Fala Caco, só achei seu blog agora. Tô numa fase de muita correria. Tá tudo muito legal e vou acompanhá-lo sempre que der. Gostei bastante da matéria lá atrás sobre comida de rpg. Umas batatas picantes que deve ser muito bom.

    Grande Abraço.

    Rafa.

     
    • cacorpg

      20/09/2011 at 3:53 PM

      Dae Rafa

      Sentimos sua falta no TP cara, nossos jogos eram os melhores! que bom que gostou se um dia quiser escrever algo ai sobre jogo e jogatinas o espaço ta aberto pra você!

       
  3. Rafael Furlanetto

    21/09/2011 at 12:20 PM

    Daí Caco.

    Com muito prazer quero escrever e colaborar com algo em seu blog. Só peço um tempo pois minha vida tá de cabeça pra baixo cara…

    Não esqueci que estou te devendo 6 pilas (10 pilas com juros) em miniaturas. Vou dar um jeito de ir ao tropas nem que seja só pra te pagar.

    Mas, se eu der um jeito de ir ao TP, podemos marcar um FoW e/ou LotR, hã? Tô numa puta saudade de jogar com vc, com o Dumas e com o Lucca. Sempre me diverti aos litros quando joguei com vcs.

    Joguei os 3 “Gods” e os dois Bioshocks e viciei em cada um deles. Putas jogões.

    Grande Abraço.

     
    • cacorpg

      21/09/2011 at 12:26 PM

      Dae Rafa

      quando vier nos marcamos sim, vai ser ótimo jogarmos quando você estiver por aqui!!

      quanto as mínis não esquente, e não tem juros não cara, minha unica duvida é: você pegou o command group de haradrim la no clube?

      abrax

       
  4. Rafael Furlanetto

    22/09/2011 at 8:29 AM

    peguei sim! Fica tranquilo!

    Abs.

     
  5. bob nerd

    06/10/2011 at 11:56 AM

    Além de achar muito legal o fato dos criadores da série chutarem o pau da barraca e alterarem toda a mitologia grega, acho excepcional o fato deles conseguirem recriar em cima do próprio game trazendo sempre novas mecânicas! É uma pena a série ter parado no GoW III, mas também se for continuar para perder a qualidade é melhor fechar com chave de ouro!

     
    • Hugo

      06/10/2011 at 12:15 PM

      Cara, pode ficar tranquilo, acho que a série continua e em ótimo estilo. Tem muita coisa a ser contada, imagina só um jogo onde você controla kratos, o general espartano, sem poder e a mando de Ares! Da para fazer muita coisa boa! Abraço!

       

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.914 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: