RSS

Minha Biblioteca – Horror em Amityville – Uma Historia verdadeira?

31 out

Capa do livro edição do Circulo do Livro.

Bom dia e Feliz dia das Bruxas!!

Eu lhes trago hoje um livro da minha biblioteca pessoal. Ele esteve lá por muito tempo e só foi lido muito recentemente, coisa de um ano ou um pouco mais, e o que me chamou atenção nele é que nas primeiras páginas existe um mapa da propriedade.  Como vocês bem sabeme mapas e plantas baixas de casas e outros edifícios sempre chamam a atenção de mestres ávidos a economizar seu precioso tempo. Pois bem, eu peguei o livro, dei a ele uma chance, e fui ler apesar de seu subtítulo. O livro de Jay Anson, de 1977, The Amityville Horror, não é uma história verdadeira. Mas este subtitulo só aparece mesmo em algumas edições do livro (da minha não), portanto, eu não sinto remorso em fazer dele mais uma unidade da minha biblioteca Fantasia/ficção Pulp. Mesmo se houver um crédulo o suficiente para acreditar as reivindicações do livro, The Amityville Horror foi um conto de horror sobrenatural significativo em uma década repleta de tais contos, como O Exorcista e A Profecia, e, portanto, um tema adequado para esta série. Na verdade, eu acho justo dizer que este livro é uma das mais famosas histórias de casa assombrada da idade moderna, se não o mais famoso, não tanto o meio do próprio livro e 1979 do filme de mesmo nome (sem falar de muitos programas de TV, jornais e artigos de revista).

De acordo com Jay Anson, no final de 1975, a família Lutz mudou-se para uma casa estilo colonial holandês situada na 112 Ocean Drive, em Long Island, Nova York. Embora fosse uma propriedade considerada cara, George Lutz paga apenas US $ 80.000 pela a casa (mais uma adição de US $ 400 para o mobiliário já contido) devido ao fato de que ela tinha uma péssima reputação. Treze meses antes da compra, 112 Ocean Drive foi o local do assassinato de seis pessoas – dois adultos e quatro crianças – por Ronald DeFeo Jr., um fato conhecido pelos Lutz e que ele acharam que não importava, já que eles gostaram da casa que era espaçosa  e uma pechincha! Mesmo assim, o Lutzs pediram a um padre católico para entrar e abençoar a casa,só para prevenir mesmo!

O Padre Ray Mancuso, entrou na casa para abençoá-la e não se sentiu confortável. Ele finalmente ouviu uma voz dizendo-lhe: “Saia!” No entanto, ele continuou e no final decidiu compartilhar a experiência com George Lutz, lhe pedindo para manter aquele quarto, de onde ele ouvira a voz, sem uso. Esse era o quarto de duas das crianças assassinadas por Ronald DeFeo. Não muito tempo depois, o Padre Mancuso caiu gravemente doente, sofrendo de uma febre alta e bolhas estranhas em seu corpo.

Ao longo dos próximos 28 dias 112 Ocean Drive foi anfitriã de numerosos fenômenos bizarros que sugeriram que a casa era assombrada ou possuída. Por exemplo, enxames de moscas apareceram nas janelas de alguns quartos da casa, apesar do tempo frio de inverno (com neve), enquanto o sangue escorria das paredes em alguns lugares. Os membros da família tinham constantes pesadelos, sentiam-se tocados por forças invisíveis, e no caso da filha mais nova de 5 anos de idade, Melissa, encontros repetidos com uma criatura  meio porco que tinha com olhos vermelhos e a quem a menina chamada Jody. Havia também crucifixos que se invertiam, visões demoníacas, salas escondidas, ruídos inexplicáveis e levitações. Em suma, quase todos os clichês associados à casas assombradas nos tempos modernos supostamente aconteceu em 112 Ocean Drive, exceto, claro, que a maioria destes não eram clichês antes da publicação de The Amityville Horror. Este é o livro que começou tudo, incluindo o fato da casa de ter sido construída sobre um cemitério indígena.

Jay Anson baseou o titulo The Amityville Horror na obra de H.P. Lovecraft, “The Dunwich Horror”. Ele foi lançado em  1977, o livro é extremamente convincente em sua apresentaçao e certamente me inspira como Narrador de Jogos Inteligentes, a plagiar varios de seus trechos. Mais tarde houve uma filmagem de um filme homônimo em 2005. Fica aqui minha recomendaçao deste livro, ele não é um classico, pode ser encontrado na maioria dos sebos custando entre R$ 5,00 a 10,00 e vale bem este valor. Este artigo foi inspirado pela minha leitura semanal do site do GROGNARDIA de James Maliszewski, que eu acompanho por ter em comum diversos pontos este é um deles e espero que em breve mais alguns.

veja o trailler de Horror em Amityville:

Sobre o filme especificamente quero relatar que Ryan Reinolds faz um George Lutz  muito melhor que um Hal Jordan, então vale a pena ver o filme (depois de ler o livro).

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em 31/10/2011 em Literatura

 

Tags: , , , , , ,

Uma resposta para “Minha Biblioteca – Horror em Amityville – Uma Historia verdadeira?

  1. Alexandrere - VANH

    04/11/2011 at 5:12 PM

    Legal, não sabia que tinha um livro sobre essa história!

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: