RSS

GURPS Egypt – Tombs.Temples. Trouble. – Resenha

04 nov

Continuando a micro-série de artigos celebrando o Dia do Rei Tut, ofereço à vocês leitores a resenha do GURPS Egypt, que para mim é um marco bem importante. Eu iniciei minha vida RPGística com o GURPS e desde então tenho colecionado inúmeros suplementos, a maioria futurista ou histórico. Infelizmente não jogo mais tanto quanto gostaria, mesmo assim o GURPS tem lugar reservado na minha estante do coração e é de la que eu tirei mais uma resenha.

Introdução: é o básico das publicações antigas e novas do GURPS fala rapidamente sobre o processo de criação, fontes e o que é o GURPS.

Capítulo 1 –  A vida no Egito – Como é básico a qualquer suplemento de GURPS ele é extremamente detalhado e a medalha de ouro do sistema fica, sem dúvida, para as informações contidas nas colunas laterais. É lá que são feitas inserções sobre o sistema juntamente com o texto fluido do miolo. O nível tecnológico é TL1 mas existem variações disto, como por exemplo medicina em TL2-3. Um mapa e uma rápida descrição de localidades com algumas curiosidades vão preenchendo este capítulo com o estilo de vida dos egípcios dentro de suas várias castas. Religião, moda, artes, sistemas monetários e escrita, tudo é detalhado e abrangente, cada suplemento histórico de GURPS certamente serve como um manual básico de historia para o período.

Capítulo 2 – Faraós e Conquistadores –  inicia com uma detalhada linha temporal, descrevendo as dinastias e seus principais personagens ou realizações. Nas colunas laterais uma detalhada lista de Reis do Egito, rosa cruzes e os interesses de Hitler, tudo muito interessante para criar aventuras antigas, modernas ou crossovers no melhor estilo do Genérico Universal.

Capítulo 3 – Personagens – bem como em todo livro de RPG, este é o capitulo que mais interessa ao jogo em si. Ele é basicamente a repetição de outros suplementos do GURPS, mostrando apenas as variações. Chamo a atenção para a possibilidade de se criar personagens mortos-vivos, 5 novas vantagens, 1 nova desvantagem, e 1 nova habilidade, uma tabela de nomes e seus significados (aqui extremamente útil até para personagens setitas do Mundo das Trevas) e uma boa lista de equipamentos.

Capítulo 4 – Sobrenatural – este capítulo fala sobre os aspectos místico da cultura do Egito. Como em todas as culturas antigas o desconhecido e inexplicável era também mágico e sobrenatural; aqui não é diferente. Símbolos místicos, a energia da vida, interpretação de sonhos, técnicas de mumificação, maldições, tumbas e finalmente múmias.

Capitulo 5 – Bestiário do Egito – Uma lista de animais comuns na área e vários novos monstros sobrenaturais, além de uma interpretação para demônios fantasmas.

Capitulo 6 – O reino dos Deuses – apesar da mitologia já ter sido pincelada na história e na religião, ela volta neste capítulo com ênfase na lendas da criação e dos principais personagens míticos dentro do panteão.

Capitulo 7 – A campanha no Egito – como elaborar sua campanha, estabelecendo objetivos e duração. Inúmeras sugestões de crossovesrs com outros suplementos como GURPS Greece, China, Cliffhangers, Horror, Places of Mystery. Espionage, Arabian Nights, Cyberpunk, Fantasy, Iluminatti, Imperial Rome, Riverworld, Spaces Supers e Time Travel povoam as colunas laterais e o miolo é recheado de idéias para campanhas e aventuras. O capitulo fecha com indicações bibliográficas e um glossário.

Considerações Gerais: Para quem torce o nariz para o sistema GURPS digo sinceramente que não sabe o que esta perdendo! Os suplementos históricos de GURPS são uma excelente fonte para material de jogo e as opções onde você pode usar suas informações são somente limitadas pela sua imaginação. De cara associo o material que li ao Mundo das Trevas, ao Cthulhu e aventuras estilo Pulp, como Spirit of Century e Indiana Jones RPG são algumas da possibilidades mais óbvias.

GURPS Egypt – Kane M. Thomas / Steve Jackson Games Inc. 1998. 128 pags. Preto e branco.

O autor: Tom Kane adora todos os tipos de RPG e já escreveu um numero substancial de aventuras e suplementos de jogo, ele mora em Kingston Upon- Hull, Inglaterra. É PHD em Estudos Estratégicos e ao escrever este livro ele descobriu que ele e Hermes Trimegistus, criador da magia hermética e da tradição alquímica egípcia nasceram ambos em 9 de outubro.

Anúncios
 
6 Comentários

Publicado por em 04/11/2011 em RPG

 

Tags: , , , , , ,

6 Respostas para “GURPS Egypt – Tombs.Temples. Trouble. – Resenha

  1. Alexandrere - VANH

    04/11/2011 at 1:48 PM

    Opa! Me surpreendi com essa resenha! Li a introdução desse livro em inglês a muito tempo atrás. Ele foi publicado aqui no Brasil?

     
    • Max

      07/11/2011 at 8:33 AM

      Claro que não!! A Devir mal publicou o arroz e feijão do GURPS 3ed por aqui. Infelizmente muitos livros como este o GURPS Greece, o GURPS Axtecs, o GURPS Middle Ages e muitos outros, nunca viram e dificilmente veram nossos ares tupiniqueins! 8(

       
    • cacorpg

      07/11/2011 at 8:56 AM

      Olá Alexandrere – Vahn

      A resenha foi feita com o material em inglês mesmo, infelizmente a Steve Jackson games tem mais de 100 títulos interessantes e a DEVIR editora não tem o porte pra lançar todos os bons títulos, para não ficar refém aprendemos o inglês, não é? 🙂

      e como já foi apontado pelos leitores rafaelkain e Max infelizmente nunca será, nem este e nem uma enorme variedade de títulos interessantes! mas continuem nos acompanhado eu ainda tenho uma boa estante recheada de boas opções!

      Game On

       
  2. rafaelkain

    07/11/2011 at 5:06 AM

    Nunca será…rs

     
  3. Alexandre - VANH

    07/11/2011 at 11:23 AM

    Fala galera!

    Valeu pelas respostas! Fiz um link para o site de vocês lá no meu blog! Se puderem, deem uma passada lá também. Ultimamente não tem tido muitas atualizações (estamos um pouco afastados da internet) mas sempre que possível damos uma olhada na blogosfera RPGísticas hehehehe!

    Quando tiver matérias de GURPS, estarei presente hehehee

    Abraço!

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: