RSS

Quando o trailer vende o filme de forma errada – Resenha de Drive!

03 mar

Senhoras e Senhores!

Vocês já assistiram “O Iluminado” do Stanley Kubrik? Espero que sim, ele é um suspense/terror de primeira linha que você gruda no sofá e só relaxa quando o filme acaba. Mas olha só que bacana o poder da edição! Assista o trailer abaixo!

Quem assiste a este vídeo jura de pé junto que o filme é sobre um pai de família em busca de redenção, aqueles filminhos que passam no supercine todo sábado! (Ainda existe supercine?)

Bem, mostrei este exemplo para comparar com o que aconteceu hoje comigo. Por sugestão da mulher mais sensacional do Sul do Unviverso, Marina Massaneiro e indicação do Marden Machado, assisti ao ótimo Drive.

Antes de continuar vejam ao trailer oficial do filme:

Quando assisti isto na hora associei o filme com o longa do Jason Statham, Carga Explosiva, ou a algum capítulo da cine-série Velozes e Furiosos. Na boa, não tem nada a ver. Drive é muito mais do que isto, fazendo uma comparação livre, este longa está muito mais para um Cães de Aluguel com um pouco de romance do qualquer outra coisa.

Todos os atores estão muito bem, mas muito bem mesmo. O “Driver” é interpretado pelo Ryan Gosling, eu me lembrava dele muito pelo filme Um crime de mestre, mas agora a nova referência será Drive. Albert Brooks e Ron Pearlman convencem e muito como os caras maus da história. O Bryan Cranston, mostra que é um ótimo ator, ele não lembra em nada o Walter White da ótima Braking Bad. Só fiquei um pouco decepcionado com a Christina Hendricks, ela faz uma pequena ponta! Outro ponto marcante é a trilha sonora do filme, o contraste do que esta acontecendo nas telas com a música tranquila, as vezes até romântica, é bem interessante.

Acompanhei a premiação do Oscar junto ao Marden em uma Twittecam, naquela dia ele havia comentado que o Nicolas Winding Refn, merecia ser indicado como melhor diretor, brinquei dizendo que seria pleonasmo Drive ganhar como melhor direção! Mas depois de ver o filme começo a concordar com ele.

Das três estreias vi no cinema esta semana, Anjos da Noite: O Despertar, Poder sem Limites e Drive, este último é disparado o mais violento, a dica que foi dada à Maria Rafart vale para todos “Não é muito indicado levar sua mãe para ver este filme”, mas um amigo e até mesmo a namorada está liberado.

Quanto mais eu lembro e penso sobre a história, mais eu gosto do filme, não é sempre que isto acontece, com isso, recomento de muito mais este filme!

That´s all folks
@hugomagalhaes
@eugostodejogar
Facebook 

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 03/03/2012 em Cinema, Estréia

 

Tags: , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: