RSS

Branca de Neve e o Caçador – Resenha

01 jun

Assisti a este filme com receio por conta da protagonista, mas de uma boa maneira fui surpreendido. É uma ótima aventura que mostra um novo enfoque sobre um dos contos mais conhecido de todos os tempos.
por Hugo Fernando 

Senhoras e Senhores!

Lembram quando eu fiz o sacrifício supremo e fui assistir a primeira parte do final da saga Crepúsculo só para poder comentar? Pois bem, antes de sair qualquer tipo de mídia sobre A Branca de Neve e o Caçador, eu pensava: – “Me ferrei novamente, vou ter que assisitir esta bomba!”. Passou o tempo, saíram algumas imagens e vídeos muito interessantes. Sinceramente, fiquei esperançoso. Os trailers estavam ótimos e aguçaram minha curiosidade. Esta semana finalmente assisti ao longa e posso dizer que o que as mídias que foram divulgadas até o momento não estão te enganando, elas mostram como ele é!

Eu conheço umas três ou quatro versões diferentes para a mesma história, sendo que a mais famosa é a da Disney. Neste novo enfoque temos uma aventura em que o personagem principal ainda é a nossa heroína Branca de Neve, mas sem a companhia marcante dos anões.

Vamos à nossa introdução básica!

á muito tempo em uma terra muito, muito distante, um inverno rigoroso castigava o imponente castelo do Rei Magnus e uma grossa camada de neve cobria toda a imensidão do outrora florido jardim. A rainha passeia tranquilamente pelo campo pálido quando vê uma única rosa em uma cerca negra. Ao tentar colher a flor, espeta seu dedo e três gotas rubras de seu sangue caem sobre a alva neve! Neste momento ela imagina sua filha, em que o cabelo será negro como a cerca, a pele branca como a neve e os lábios vermelhos como a flor. Com o passar dos anos, tempos de guerra assolam a região, e o Rei Magnus necessita ir ao combate para defender suas terras e súditos. Ao entrar em um campo de batalha contra o terrível exército sombrio, o Rei sai vitorioso e quando vislumbra toda a gleba destruída, uma charrete lhe chama atenção. Junto de seus guardas o Soberano examina o espólio de guerra e qual não é sua surpresa ao encontrar Ravenna, uma linda mulher, frágil e desprotegida. Sem hesitar, o Rei acolhe Ravenna em seu castelo, e em função de sua beleza e delicadeza a escolhe como substituda de sua amada Rainha que falecerá há algum tempo. Mas a beleza é apenas um embuste, Ravenna tem planos ardilosos e pretende tomar todo reino. Já na noite de núpcias, a sangue frio, ceifa a vida do nosso piedoso governante. Não bastasse tal atrocidade a agora Rainha ordena que a pequena e bela Branca de Neve seja aprisionada na torre mais alta do castelo! Em atos de maldade extrema, Ravenna sacrífica as mais belas donzelas para que sua beleza e poder se perpetue. Em um fatídico dia, ao pronunciar as famosas palavras “Espelho, espelho meu…” a resposta indesejada é proferida! Neste exato momento a rainha sabe que a aprisionada Branca de Neve pode fazer frente a sua beleza e poder. Com a fúria e a cólera percorrendo seu interior, Ravenna esbraveja ordenando que seu irmão traga imediatamente a princesa. Em um momento de tamanha perspicácia, Branca de Neve consegue fugir para a floresta negra, onde nenhuma pessoa em sã consciência se aventura. Para conseguir buscá-la, somente algum herói bravo e destemido conseguira tal feito. Este desafio é destinado para o intrépido Caçador, que para conseguir a recompensa oferecida, ter de volta a sua amana, vai em busca da inocente Branca de Neve!

Pronto, chega, este é o cenário inicial da história. Garanto que o resto está todo lá. Tem os Anões, a maçã, o espelho, etc. Mas tudo tem um enfoque diferente, a história tem bem mais sentido e realidade. O novato diretor Rupert Sanders junto com os roteiristas conseguiram amarrar bem os detalhes e este foi um fato que eu gostei bastante.

Se ainda não viu, assista ao trailer

Com relação aos atores e atuações, eu achei que a Kristen Stewart iria comprometer, pois tenho a imagem dela como Bella Cullen, e vamos comentar, ela é um picolé de chuchu sem tamanho. Só que neste filme isto não acontece, ela tem personalidade e não é a mocinha romântica que precisa ser resgatada, ela faz tudo por si só, do meio para o final ela estava mais para Joana d´Arc do qualquer outra coisa. A Charlize Theron está muito bem, convence em todos os momentos, seja como a frágil Ravenna sendo resgatada ou como a maldosa rainha que sacrifica as meninas. Sua beleza impar é camuflada por maquiagem e efeitos que nos faz acreditar que ela envelheceu. Por fim, o

Chris Hemsworth também não desaponta, achei que veria o Thor junto com a Branca de Neve, mas não, é diferente, ele deu um ar de mercenário bêbado ao personagem e convenceu. Comparado com a animação da Disney, os anões não tem tanto destaque no longa, mas não por isto deixam de ser uma atração a parte, atores de grande porte encaram os personagens, e todos estão muito bem, Toby Jones, Bob Hoskins e o sempre ótimo Ian McShane são alguns deles .

Agora uma coisa que eu acho estranha. Em filmes para meninos os caras de Hollywood sempre fazem questão de colocar romancezinho para atrair o público feminino. Em um longa onde a atriz principal tem um apelo enorme com as mulheres os caras pegam leve clima romântico! Vai entender!

Logo que acabou a exibição o Caco observou uma coisa que eu depois fiquei pensando e concordei com ele. Tem um momento que a menina começa a rezar o “Pai Nosso”, até onde eu entendi, esta história é uma fantasia. Nesta categoria, você reza para Cron, Zeuz, Odin, Friga ou qualquer outro deus de mentirinha, ficou estranho ela rezar para Deus. Não precisava desta parte.

Mais um detalhe que toda vez me incomoda, a questão da passagem do tempo. Da fuga da Branca de Neve até a batalha da a impressão que se passaram 3 dias, não mais que isto.

Outra situação que cada vez mais se torna corriqueira nos “blockbusters” é a questão do final. Aqui não foi diferente, quando tudo acaba, fica a sensação de que muitas pontas foram deixadas soltas propositadamente, desta forma, se o filme for bem nas bilheterias a história pode ser continuada.

Para fechar os comentários, somente nesta situação a Kristen Stewart é mais bonita que esta Charlize Theron

Charlize Theron em Monster

Porém, se for para comparar em qualquer outra situação, a tal da Bella terá que nascer novamente para ser considerada mais bonita que a Æon Flux !

Sem mais meritíssimo!

Site oficial:

http://www.brancadeneveeocacador.com.br/

Hora da verdade. Vale a pena?

Sim, vale a pena, e aqui vai mais um detalhe, as menininhas que amam crepúsculo podem chamar seus namoradinhos para assistir também, é quase certo que eles irão gostar. Tem batalhas, brigas, cavalarias, armaduras, coisas divertidas de se ver em um longa! Este filme segue a moda que já existe em Once upon a time e Grimm, os contos de fadas estão voltando para seu publico de origem, os jovens e adultos!

That´s all Folks.
Twitter
FaceBook 

Anúncios
 
4 Comentários

Publicado por em 01/06/2012 em Cinema, Estréia, Trailer

 

Tags: , , , , , , , , , , , ,

4 Respostas para “Branca de Neve e o Caçador – Resenha

  1. Lorena Krüger

    01/06/2012 at 9:58 PM

    Oi Hugo, realmente valeu a pena o filme! Porém, ao meu ver, a Kristen Stewart continua a Bella – os mesmos trejeitos, aquela cara de choro (meu deus, essa guria só chora, e em todos os filmes) e aquela boca aberta (qualquer dia vai entrar uma mosca ali). Sem dúvida nenhuma a madrasta mata a pau e a Bella terá que nascer outra vez não só para ficar bonita, mas também para se considerar uma atriz.

     
    • Hugo

      02/06/2012 at 12:17 AM

      Ola Lorena, que bom que você gostou! Falando especificamente da Bella, a menina não agregou muito no filme, mas não comprometeu! Isto é um lucro enorme! Mas pode apostar, com o final aberto da forma que ficou, se o filme for bem de bilheteria teremos mais Kristen em uma continuação! Beijo!

       
  2. -

    11/03/2013 at 7:12 PM

    A Kristen tá mt pfta, sem +. Aliás o filme é ótimo + só assisti por causa dela.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: