RSS

Jogando De Improviso ( ou… estando sempre preparado para jogar )

14 set

(por HerrMiller)

No feriado em uma estadia no sítio, sem nenhum ‘iniciado’ em jogos de guerra, e mesmo em jogos quaisquer, foi possível curtir além da vida no campo uma pá de jogos de vários teores, entre eles até um bom Wargame.
Para conseguir isto é necessário que o jogador contumaz e interessado disponha de alguns ‘trunfos’ na manga, que serão usados se alguma oportunidade se apresentar.
Alguns jogos acessíveis, simples, mas de muita eficácia e sucesso, de preferência traduzidos para o portugues se forem dependentes de texto ou conhecimento de lingua estrangeira, um pouco de imaginação se não se tiver nada a mão mas o ‘povo’ for muito curioso e interessado, e também um ‘wargame de bolso’ para um desafio em duas pessoas se tiver algum curioso com interesse especifico no assunto, então veja como eu me virei em niveis diversos de jogatina neste acampamento :

1- RPG :
Me perguntaram como funcionava exatamente uma partida de RPG, não me fiz de rogado, em volta da fogueira iniciamos uma aventura de fantasia medieval ali mesmo, sem planilhas ou dados, como se fosse uma partida LIVE ( que eu nunca joguei então não sei exatamente como é ) , comecei narrando uma situação em que o grupo de participantes se conhecia e estava numa taverna, morrendo de fome e sem nenhum tostão, como atributos básicos impus manjados :  força / destreza / inteligencia / carisma / vitalidade, pedindo a cada um que optasse por um deles como principal e definisse qual seu tipo de personagem, foi um tapa para termos um guerreiro, um elfo, um mago iniciante e algumas outras figuras tipicas.
A resolução de todas as situações narradas que os personagens reagiam foram efetuadas mediante certo numero de par-ou-impar que o personagem disputava com o mestre, variando o numero de disputas e o numero de acertos necessários para sucesso conforme a dificuldade da situação ou do personagem frente a mesma.
A coisa toda correu muito bem.Um personagem metido a espertinho com alto carisma se envolveu numa confusão homosexual com um bebado, e o restante do bando se deu mal ao tentar roubar a bolsa de um cavaleiro sofisticado quando a maga do bando errou um feitiço de tontura que acertou um dos seus companheiros
.Uma luta se armou, um feitiço de fumaça bem sucedido possibilitou ao bando fugir porta a fora e correr pela noite nevada enquanto o ‘carismatico’ se atirava por uma janela no andar superior para se safar das investidas do bebado que lhe queria usufruir após prometer uma boa soma por isto.A cena final teve os aventureiros enfrentando alguns guardas e asseclas do bebado em um beco escuro, com direito a espadas rompendo jugulares, pontapés na cara e espadas bloqueando golpes.O pessoal adorou e ficou muito motivado a jogar partidas de algum sistema conhecido em outra ocasião.

2- CARDGAME : NEGÓCIOS DE FAMÍLIA
um famoso ‘party’ game com cartas, jogo despretensioso, muito divertido, notório ‘ salgadinho&cerveja’, que consegue fácil animar uma mesa e provocar muitas risadas.
O detalhe especial é que a versão usada é uma que eu mesmo confeccionei, a partir do conhecimento das regras e manipulando imagens da internet eu fiz uma edição pessoal totalmente customizada e traduzida, o resultado é uma versão para lá de acessível que até uma criança sem conhecimento de ingles pode participar em pé de igualdade, além da minha versão ter um visual acima da média das versões comerciais. Sucesso total.


Minha versão autoral de FAMILY BUSINESS

3- CARDGAME :  CITADELS
mais famoso ainda jogo de cartas que também usa umas peças como ‘dinheiro’ , que eu imprimi e cortei  numa versão em portugues descolada na internet, e que é mais estratégico que o anterior, e faz mais sucesso ainda e pode ser levado para lá e para cá como qqer baralho de truco.

4- STONE AGE :
este também é uma versão caseira, mas de um boardgame, não pegou mesa desta vez, mas já mostrou sua eficiência em outras oportunidades semelhantes.
Usa um tabuleiro grande cuja solução barata e acessivel foi plotar em papel enrolar em um cano de pvc junto com um plastico transparente e espesso, na hora de jogar  é só desenrolar sobre a mesa, com o plastico espesso por cima ele fica plano e lisinho e totalmente protegido, funciona perfeitamente.
O jogo usa peças para representar recursos como madeira, pedra, tijolos, ouro , e com imaginação foi facil representar cada uma delas adequadamente.
pedaços de espetinho viraram toras, pedrinhas reais pedras, tijolos vieram de e.v.a. de cor e formato recortado condizente, e ouro idem.
O resto, cartas e personagens foram feitos como para os jogos anteriores ( impressões em papel sulfite de alta gramatura 180g/m3 e recortadas com cuidado)

Esta é a minha versão caseira de STONE AGE, note as peças artesanais de recursos….( o tabuleiro principal não esta na imagem e é bem maior que o tabuleiro individual de cada  jogador mostrado na figura )


Este tubo de 70cm comporta  até uma meia duzia de ‘tabuleiros’ impressos e enrolados além do plastico grosso transparente que é fundamental para alinhar e proteger o board escolhido sobre a mesa .

5- WARGAME DE MINIATURA :
este é um tipo de jogo que normalmente não é portável e fácil de transportar, montar e jogar numa situação destas, mas eu também tenho meus trunfos para estes :
O nome do sistema é DE BELLIS ANTIQUITATIS, já falei sobre ele aqui no blogue, um sistema de wargame com miniaturas que usa regras muito acessiveis, dinamicas, mesmo assim bastante consistentes e realistas, e um conjunto de 12 peças com varias miniaturas para cada lado.
Para este jogo eu tenho uma versão de peças  muito portável feito com sucata e durepóxi, que representa exércitos do periodo helenistico, entretanto desta vez eu ousei mais e  levei para o acampamento uma caixa pouca coisa maior ( 30x25cm) com exércitos de miniaturas medievais  importadas na escala de 28mm ( 1 para 56 por aí ) que são colocadas nas bases adequadas para o jogo feitas em e.v.a. 2mm.
As peças de cenários e manuais cabem todas numa larga pasta de plastico, destas com elasticos nas bordas, fechei o conjunto com um pano verde e toda a partida se desenrolou sobre uma superficie de 80 x 80 cm, bastou somente ter um curioso muito interessado no estilo que não se acanhou de tentar a partida.
O resultado foi uma partida divertida, e disputada, em que não tivemos dificuldade nenhuma pela falta de familiaridade do adversário, tão elegante e acessível é o sistema DBA.

Esta é a imagem da partida de DBA no acampamento, ocupando uma área de ‘tabuleiro’ de 80×80 cm, como se ve não é nada que seja inviável ou muito difícil de transportar para praia ou campo, basta um adversário.

E é isto, com algum arranjo, imaginação, elaboração artesanal e muita disposição e nenhum acanhamento é possivel ter e apresentar jogos para ‘leigos’ que fazem muito sucesso e como se tudo não passasse de mais uma jogatina habitual e manjada de truco, canastra e coisas assim !

Anúncios
 
5 Comentários

Publicado por em 14/09/2012 em Geral

 

5 Respostas para “Jogando De Improviso ( ou… estando sempre preparado para jogar )

  1. Gabriel Soares

    15/09/2012 at 2:20 PM

    Muito legal, gostei demais dos jogos que você mostrou!!! Grande abraço amigo

     
  2. Ricardo Marcos de Souza

    06/08/2014 at 7:42 AM

    Bom dia 🙂

    Gostei muito da ideia da plotagem no stone age. Estou tentando reproduzi-lo em casa
    mas estou com alguns problemas e realmente não tinha pensado em plotagem :).
    Apesar de ter uma boa imagem do tabuleiro não sei o tamanho real do mesmo.
    Minha impressora é muito fraca. Os testes de impressão que fiz nela não ficaram legais.
    As imagens das cartas também consegui, contudo não sei quantas de cada teriam que ser
    impressas.

    Gostaria, se possível, de saber em que tipo de material e as dimensões você mandou imprimir??
    Também gostaria de saber a quantidade de cada tipo de carta.

    No mais é isso ai …

    Encontrei o seite ontem a noite 🙂

    Muito legal.. Estou começando a ler os posts….

    Abraços.

     
    • herrmiller

      08/08/2014 at 5:38 PM

      envie-me seu e-mail ou perfil de facebook para eu te passar um link onde tem alguns arquivos e instruções.

       
  3. Ricardo Marcos de Souza

    03/10/2014 at 7:57 AM

    Bom dia Herrmiller…
    Como faço para saber o seu e-mail???

    Abraços.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: