RSS

As Aventuras de Pi – Resenha

21 dez

As Aventuras de Pi, é um longa que entra imediatamente na sua lista “Filmes Obrigatórios Para Serem Vistos”
por Hugo Fernando

PI

Senhoras e Senhores bom dia!

Há alguns dias eu assisti a filme que mais me surpreendeu no ano de 2012, Vingadores e Batman não me surpreenderam pois eu sabia que seriam excelentes. Estou falando de As Aventuras de Pi.

Sendo bem honesto fui ao cinema sabendo o seguinte da história:

“Uma família que está entrando em dificuldades na Índia, vende o Zoologico e resolve se mudar para o Canadá. No meio da viagem o navio afunda e  o Pi tem que se virar em um bote com um Tigre!”

, com este plote inicial eu já visualizei.

“Este filme será uma mistura do Quem quer ser milionário? com o Naufrago“.

Como o diretor é o Ang Lee, também pensei,

“um ou outro personagem irá voar e se o cara resolver levar para o lado artístico será um filme chato pra caramba.”

Vamos começar por onde eu errei!

O longa passa longe da mistura dos dois filmes que citei, é muito, mas muito melhor a abordagem. Aqui nós temos uma história de fé, de como uma pessoa pode conversar com Deus em suas várias formas. De como ela reúne forças para superar dificuldades.

O início da história é mais o menos o que eu contei, a família tem que ir para o Canadá, mas antes disso, existe toda uma construção do personagem na Índia, em que é mostrada a divertidíssima Origem do seu nome, Pi (Suraj Sharma)  e antes que você pergunte, já digo que está relacionado com o número matemático, 3.1415… , e o mais importante, o desenvolvimento da fé do personagem. É emocionante e tocante, até mesmo para aqueles que não acreditam em muitas coisas (eu, por exemplo)! Além disso, neste início, é apresentado o ator coadjuvante Richard Parker, o tigre.

Voltando a viagem, o navio apresenta problemas, vem a pique e no barco salva vidas sobram Pi e o Tigre. Deste ponto em diante temos o relato de como fez para sobreviver até chegar o resgate (não estou entregando nada, como o filme é em contado em flashback, você sabe que ele irá sobreviver).

Pronto, chega de contar história pois deste ponto em diante posso estragar o prazer de assistir com algum spoiler, mas eu aconselho, vá assistir para ver como tudo se desenrola.

Falando da parte técnica, nosso amigo Ang Lee, tem uma linha de direção que eu não gosto muito, isto foi um dos motivos que fiquei reticente para ver este filme. Com “As Aventuras de Pi“, ele conseguiu o meu perdão por ter destruído o filme do Hulk. Sua direção e o modo como ele conduziu o filme estão impecáveis. Utilizou como poucos a tecnologia para filmes em 3D e, ao lado de Avatar, é o melhor emprego do recurso que já ví.

Trailer

Outro ponto impressionante é o tigre. Lembra da frase clássica do filme Matrix “There is no Spoon”, pois bem, aqui podemos empregar “There is no Tiger”. Exato, Richard Parker é todo feito em CG. Acho isto muito mais impressionante que a questão da criação do Gollum do Hobbit e explico. Gollum é uma criatura fantástica, não existe, com isso o que colocassem lá você acreditaria. O tigre é um animal real, você sabe como ele é, já viu ele se mexer seja em vídeo ou em algum circo antigo que trabalhava com animais, ou seja, você tem a referência real para saber se o que esta na telona é convincente ou não. Na cabine eu conversei com algumas pessoas e disse que o tigre era CG, eles ficaram indignados (no bom sentido) de terem sido enganados daquela forma sem notar qualquer diferença entre o animal real e o criado pelos computadores.

Vejam o making of.

Não gostei do filme “O Tigre e o Dragão“, mas digo que o filme é muito bonito, ali temos uma ideia do esmero que o Ang Lee e sua equipe dão para estética. Atualmente as coisas não são diferentes, as cenas criadas pelo diretor continuam embasbacantes.

Agora vamos a parte que eu acertei, em alguns momentos, temos cenas montadas no mar em que você vai acreditar que tem gente voando 🙂 !

Hora da verdade.

Totalmente indicado. Vale muito a pena ir assistir e este filme e obrigatoriamente tem que ser visto em 3D na maior tela possível. A história por si só já vale a pena, mas aqui fica claro que a tecnologia quando bem empregada pode fazer diferença no filme.

That´s all Folks.
Twitter
FaceBook 

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 21/12/2012 em Cinema, Estréia, Trailer

 

Tags: , , , , ,

2 Respostas para “As Aventuras de Pi – Resenha

  1. Sergio

    28/12/2012 at 1:04 AM

    Assisti hoje o filme e concordo totalmente com a resenha. É um filme imperdível.

     
  2. Julieta

    12/01/2013 at 10:54 AM

    Cara, eu amei esse filme *w*

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: