RSS

Mutant Epoch – Resenha

14 fev

Mutantes apocalípticos. O que não gostar?

Por Guido Conti

capa

Olá meus amigos. Como foram de carnaval? Espero que bem.Hoje falarei de um RPG inspirado no clássico da TSR, o Gamma World. Sim, é um mundo com mutantes poderosos, robôs assassinos, monstros famintos e com a humanidade no meio tentando a todo o custo obter recursos para tentar sobreviver…  Enfim, mais um daqueles cenários macarrônicos que eu adoro. O título da vez é o divertidíssimo Mutant Epoch, produzido pela editora Outland Arts e escrito por  William McAusland, é um ótima opção de cenário com geração de personagem por… tabelas. Sim. O sistema de criação de personagem lembra em muito sistemas mais antigos como os da Palladium. Quem não gosta da criação randômica de personagem pode simplesmente fazer escolhas direto na tabela, mas quem gosta dos resultados engraçados que podem sair, com certeza vai se interessar pelo sistema como ele foi escrito.

Pra ser sincero o sistema não é um RPG de cenário então ele é super vago e disperso neste quesito. E isso é proposital. O cenário serve apenas como ponto de partida para as ideias do narrador sobre o que é um cenário pós-apocalíptico. Na história do cenário, estamos em 2346. Por volta de 2200 o mundo foi destruído numa guerra de humanos contra Inteligencias Artificiais (a la Exterminador do Futuro) deixando a todos sem recursos e sujeitos aos horrores da nova configuração natural. Itens de tecnologia avançada ainda existem e são uma vantagem valiosa , que, embora estejam rareando cada vez mais, ainda podem ser vistos dentro e fora dos campos de batalha entre os vários grupos com raças diferentes que eventualmente compõem o cenário.

As raças de personagens são bem variadas. Os jogadores podem ser humanos puros (sem mutações ou cibernética; normais), clones (humanos com algum melhoramento), bioreplicas  (clones melhores), transhumanos (humanos perfeitos), ciborgues (humanos com implantes cibernéticos), ghost mutants (humanos com um poder escondido a la X-Men), mutantes (humanos visivelmente alterados por mutações em vários graus; benéficas e/ou maléficas) e humanos bestiais (+30 raças de variedade de animais misturados com humanos e com possíveis mutações). Oportunidade de aventura com algo assim não falta…

mutants

Existem 8 atributos que compõem o personagem: Endurance, Strength, Agility (destreza corporal), Accuracy (coordenação olho-mão), Intelligence, Perception, Willpower e Appearance. A média humana nos atributos (que  são rolados em d100; dois d10 com um para dezena e um para unidades) corresponde a 25 então a variação não é tanta nos modificadores até 100.

Outro elemento da criação do personagem (e que ajuda a acelerar o processo) é a escolha da casta. A casta é mais ou menos um pacote de características que se refere ao passado do personagem. As castas definem coisas como equipamento básico, perícias e modificadores de atributos condizentes com a função. Ela também é rolada (se o mestre não quiser deixar os jogadores escolherem, é claro) e pode gerar resultados interessantes. As castas podem ser desde Pescador (Fisher), Mineiro (Miner), Comerciante (Trader) até Prostituta (Servant, Whore), Malaco (Street Urchin), Assassino e Soldado de Elite. Infelizmente se saiu pra voce lá na raça Freakish Horror (Aberração Horrorosa) há ainda uma chance de 2% voce ser uma prostituta… Bom jogo!!

mutant 2

O jogo admite a existência de níveis a la D&D. O ganho de xp vem com a destruição de monstros e com a descoberta de tesouros escondidos (sim, dá pra fazer aventuras de dungeon em Mutant Epoch). O aumento de nível dá pontos de vida, perícias e até ataques extras. As perícias também tem sua eficiência aumentada a medida que o personagem evolui. Bem legal pra quem gosta da mecânica.

Existe uma lista de mutações, randômica, obvio, que descreve 145 delas entre boas e más (mais boas) que possuem diversas variações dentre cada uma delas (também randômicas). Há poderes como telecinese, telepatia, tentáculos com implementos afiados, cabeças e membros extras, etc. É a parte ultra Gamma World do jogo que vêm com todas as coisas boas e ruins decorrentes da palavra “mutação”. Seu personagem pode tanto virar um super herói de quadrinhos como um monstro lesmento anfíbio que cospe fogo alado e se camufla como um camaleão.

mutant 3

O sistema combate envolve o uso de porcentagem (d100; 2d10, como comentado acima, mas o sistema faz uso de d4s, d6s, d8s, d12s e d20s) em que o personagem tem rolar abaixo do Strike Value. Nestas rolagens, valor de 1 é um sucesso crítico, valor de 2-5 é um sucesso regular, 96-99 é sempre uma falha regular e 100 é uma falha crítica.  O Strike Value é um valor flutuante em que a Defense Value do alvo é subtraído. É um sistema simples, rápido e eficiente. Comporta até mesmo ataques localizados (sim, podem haver tiros no saco) e por isso montar um sniper não fica fora de lugar no sistema. A morte dá um alivio nas regras: não basta zeras os pontos de vida. Há um calculo de Willpower e Endurance de dano que voce pode tomar antes de morrer. Se não passar esses últimos PVs, voce ainda pode se recuperar.

Os encontros e inimigos incluem mutantes selvagens, animais altamente mutados, robôs perigosíssimos. Há inclusive a opção para eventos randômicos (a la AD&D) tabelados como ataques de criaturas, eventos naturais, armadilhas, etc. Há também uma bela tabela de equipamentos (com uma boa variedade de armas; com desenhos inclusive). Como bônus para aqueles que adquirirem o PDF, há a inclusão de uma senha para a Society of Excavators (Sociedade dos Escavadores) que permite o envio de um e-mail à editora Outland Arts para acessar uma área com mais conteúdo como mais tabelas, mais equipamentos, mais monstros, área para fãs, etc…

Unicor Boy

Bom essa é a rápida sugestão desta semana. Abraço galera!

 

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 14/02/2013 em RPG

 

Tags: , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: