RSS

GUERRA DE BRINQUEDO : Achtung Panzer ! ( batalha introdutória )

11 maio

por HerrMüller

ACHTUNG PANZER !

Reportagem de uma pequena batalha introdutória ao hobby dos WARGAMES COM MINIATURAS, usando o sistema FLAMES OF WAR.
Nesta partida não foi usado o sistema de pontuação, simplesmente foram designados alguns tanques aleatórios para ambos os lados.
O lado alemão ficou com um pelotão de 3 panzers modelo IV, e um pelotão de um canhão autopropulsado STUG modelo G.
O lado norte-americano ficou com 1 pelotão de caçadores de tanques, M10 apelido Wolverine, e um pelotão de dois blindados M1 modelo A3, apelido Sherman.
Os norte-americanos deveriam tomar a vila e os germânicos impedirem o inimigo.

O jogador do lado alemão estava conhecendo o jogo, o que não foi problema algum para o andamento da partida, sua familiaridade com jogos de RPG permitiu uma assimilação instantânea da mecânica de jogo, como costuma acontecer.
A partida efetivamente levou no máximo 2 horas, e a vitória foi do lado alemão.
Abaixo segue a narrativa dramatica da partida, acompanhe :

zz2

ACHTUNG PANZER !
CARLOS – GERMÂNICOS
MÜLLER – NORTE AMERICANOS


FIGURA 1 : O auge do combate entre os PANZER IV e STUG e os M10 WOLVERINE (  caçadores de tanques, com forte canhão mas fraca blindagem, e com torre aberta )  o marcador BAILED OUT significa que a tripulação abandonou momentaneamente o tanque ou esta atordoada, apavorada, o tanque fica fora de operação mas retorna em boa ordem tão logo a tripulação passe em um teste de moral. O tanque definitivamente abandonado é porque recebeu um novo impacto que abalou a tripulação quando ela já estava nesta situação.

O clima estava bastante quente para aquela época do outono, e o regime pobre das chuvas das últimas semanas tinha deixado o rio Merderet bastante baixo na entrada da pequena cidade de Remy, que se encontrava sob domínio alemão, os aliados haviam desembarcado há pouco nas praias da normandia e estavam procurando avanço e sondando em toda a frente.

Kurt Schimdt comandava seu velho panzer Stug com cautela e na confusão das árvores e do mato cerrado do bosquete nas adjacências da cidade, sem querer havia se enfiado no meio do pelotão de panzers IV camuflados que patrulhavam a área,  saíram da proteção das árvores e cruzaram a estrada, entrando nas plantações de trigo logo a frente, deram de cara com  uma  fila de tanques inimigos que vinham na estrada de terra entre as plantações a frente.
Foi Kurt quem deu o alarme bradando :
Achtung Panzer !
Os panzers dispararam seus canhões, deixando a tripulação do primeiro caça tanques do pelotão norte-americano apavorada !
Os dois M10 operacionais, de torre aberta, revidaram enquanto os panzers manobravam na plantação com um dos elementos momentaneamente encalhado na orla da mesma.
No furioso tiroteio de canhões com granadas impactando aqui e ali, a fina blindagem frontal dos M10 não foram páreo para o fogo dos 75mm dos alemães, e devido a curta distância os norte-americanos não puderam se beneficiar do poder de fogo maior dos seus canhões de melhor calibre.
Um a um os M10 foram postos fora de combate, o tanque da vanguarda explodiu, o segundo tanque resistiu por mais tempo com a tripulação ficando alarmada, reagindo e apavorando a tripulação de um dos panzers, mas logo estava incendiando também, no tanque remanescente a tripulação apavorada com os impactos das granadas na blindagem frontal que chacoalhavam terrivelmente todo o veículo, saltaram para fora do mesmo e procuraram abrigo na plantação, ainda tentaram voltar ao veículo mas um impacto certeiro do Stug de Kurt acabou de vez com seu ânimo e eles emprenderam fuga para suas linhas abanadonando definitivamente o veículo.

FIGURA 2 : panorama geral com o combate iniciado, D: destruídos, A: abandonados, E: encalhados, o Sherman na borda da colina esteve encalhado boa parte do jogo 

Steve Martin a bordo do seu blindado M1 Sherman escutou o espoucar das granadas nas plantações lá no fundo, por trás da colina em que estavam, ordenou ao outro tanque do pelotão que avançasse com ele, na direção da vila para tomar posição no local e analisar a situação, quem sabe flanquear o inimigo, ele não acreditou quando ambos os Shermans encalharam no pequeno barranco na borda da estrada que subia a colina, a poeira do chão seco levantou quando seu veículo despregou-se do chão e avançou, mas o segundo tanque continuo imóvel no lugar.
Steve ordenou que o motorista progredisse no avanço, sacolejando entrou no vau do rio, com o avanço momentaneamente detido pela irregularidade do terreno e quando pensou em cruzar totalmente para o outro lado viu que o tanque da retaguarda continuava encalhado no barranco lá atrás. Não teve outro jeito, o tanque líder teve que voltar para retomar a coesão do pelotão e não ficar perigosamente separado do retardatário que estava com problemas, aquela situação o enfureceu e frustou, podia escutar o baque surdo das granadas e até o tinido do metal nos tanques  por vezes defletindo os impactos, logo viu as volutas de fumo se erguerem por trás do morro e torceu para que fossem do inimigo….
O pessoal do segundo tanque recolocavam a lagarta direita a todo momento, mas ela insistia em se soltar, levou um bocado de tempo até que o tanque finalmente conseguisse vencer o barranco, Steve ordenou o avanço, novamente se irritando quando o tanque era detido pelas pedras irregulares do vau ao atravessar o rio mas finalmente suspirou aliviado quando se viu do outro lado, atrás dele o segundo tanque novamente foi detido na passagem, ele avançou até o limite das sebes e de fora da torreta examinou a situação ao redor, a cidade estava silenciosa, então olhando através das sebes ele viu lá na área das nuvens de fumaça tanques inimigos que cruzavam a estrada, com o binóculo ele identificou alguns panzers com a típica camuflagem em tres cores e também percebeu a presença de um stug cinzento que sumiu rapidamente por tras de um bosque.

FIGURA 3 : Seta indica o Sherman que tinha problemas na esteira, la nas plantações a batalha acontecia.

O jovem tenente Kurt Schmidt percebeu a gravidade da situação enquanto combatia entre seus pares contra os caçadores de tanques norte-americanos, como ele era um tanque isolado deveria abandonar a luta e partir sem demora na direção da cidade que estava desguarnecida, quando tentou faze-lo viu-se momentaneamente detido pelas anfractuosidades do terreno de plantio, suspirou aliviado quando finalmente conseguiu se ver livre do terreno e atravessou a estrada com pressa, ele olhou para a ponte da cidade mas não viu nada, mas alguns momentos depois percebeu um tanque sherman do inimigo que tentava avançar a custo cruzando uma parte rasa do rio… os pelos da sua nuca se eriçaram, procurou proteção penetrando no pequeno bosque a sua frente e avançou com cautela…
Com o binóculo e protegido pela folhagem ele percebeu outro sherman, este já estava na cidade e rumava cauteloso entre as casas, ele viu quando o tanque se posicionou na esquina de uma construção  de modo a ficar parcialmente coberto, o canhão apontado a frente, esperando…

FIGURA 4:  artilharia germanica vinda de fora da mesa não causa danos ao sherman devido ao baixo calibre ( 75mm por bombardeio de munição de alto impacto , HE ) 

FIGURA 5 : panorama do combate em estágio avançado,  sherman avançado toma posição na cidade esperando o inimigo, sherman da retaguarda escapa de danos da artilharia de fora da mesa….   panzers e stug manobram para aproximar da cidade …

Kurt então conseguiu contato rádio com a retaguarda e conseguiu coordenar fogo de artilharia na posição do Sherman retardatário, o troar surdo da artilharia  a pelo menos tres kilometros de distância foi em poucos momentos acompanhado pelo barulho da chuva de granadas impactando ao redor do tanque, felizmente para o norte-americano o baixo calibre das 75mm com munição de alto impacto não fez qualquer dano ao veículo ….

Ele então avisou ao elementos do pelotão panzer camuflado que mudaram de rumo e contornaram o terreno mantendo-se fora da vista do inimigo, o tanque da vanguarda sabendo da ameaça de emboscada inimiga forçou a passagem pelo rio, e encalhou no barranco, nisto um disparo soou e uma granada silvou rente ao veículo, sua torre girou para a direita e abriu fogo no que identificou um tanque inimigo escondido nas sebes do outro lado do rio, um filete de fumaça negra se elevou por trás da sebe e o tanque inimigo silenciou….
Os demais tanques chegaram ao local enquanto o de vanguarda tentavam furiosamente cruzar…..
Kurt viu quando o sherman semi oculto atrás do edifício recuo, fez meia volta e partiu da cidade, ele respirou aliviado sabendo que o dia tinha sido deles e não do inimigo…..

-Nâo! gritou Steve, impotente quando viu que o sherman da retaguarda disparou por trás da sebe, neste momento ele sabia que a batalha estava perdida, ele manteve corajosamente sua posição, estacionado atrás do edifício somente esperando que o inimigo surgisse a sua frente, podia ouvir o rugido dos motores dos veículos inimigos tentando vencer o leito do rio, estava tenso, e pronto para morrer se fosse preciso.
Mas não seria desta vez, o rádio guinchou e a voz do comando entretorcada pela estática ordenou a retirada, que ele obedeceu prontamente, não sem um trago amargo na garganta…. Um triste dia para Steve que se portou como herói mas não pode fazer nada por seu país e pelo fim da guerra nesta ocasião!

FIGURA 6 : situação final, ponto de vista lado norte-americano, o Sherman remanescente recebe ordens de retirada…

FIGURA 7 : enquanto os panzers alemães tentam desencalhar e atravessar o rio o último sherman norte americano se retira do campo de batalha…

FIM  – VITÓRIA GERMÂNICA

DADOS TÉCNICOS :
Muitos atolamentos na partida apesar do tempo seco, e o sherman da retaguarda atolou tantas vezes que com certeza ele tinha problemas técnicos na fixação da lagarta direita.
O Stug de Kurt se enfiou entre o pelotão de panzer IV e se não fosse toda a perdad de tempo do sherman encalhado, ele teria talvez chegado perigosamente tarde para guardar a vila.
O pelotão de panzers camuflados manobrou bem se mantendo oculto do inimigo na intenção de cruzar o rio
O pelotão de caçadores de tanque agiu com estupidez se expondo ingenuamente ao fogo letal do inimigo, aquele tipo de veículo não pode encarar ataques frontais a curta distancia, sua blindagem é dois pontos abaixo da blindagem usual dos tanques médios ( 6 )
A partida foi divertidíssima por conta destes ‘acontecimentos’ que ocorrem na partida, como os encalhamentos por exemplo, e tudo regido por bem pensadas rolagens de dados, uma matemática simples mas eficiente em que os homens brincam um pouco de deuses e simulam um campo de batalha com consequencias diversas perante seus atos.

E vamos esperar que a próxima seja melhor ainda!

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 11/05/2013 em Geral

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: