RSS

Inferno, o novo livro de Dan Brown – Resenha

21 maio

Dan Brown tem seu “template” de narrativa. Ele coloca nomes, obras, locais e aperta o botão gerar história. Pronto, mais um livro está à venda! Desta forma foi feito Inferno!
por Hugo Fernando

Senhoras e senhores

Antes de qualquer coisa, pode ler sem medo, resenha sem spoilers!

Inferno, outro livro do escritor Dan Brown chega ao mercado brasileiro. Teoricamente a partir do dia 24 de maio o livro estará em todas as livrarias. Digo teoricamente, pois eu já tenho a minha cópia desde o dia dezesseis de maio.

Eu li todos os livros deste autor, e Inferno não foge à regra, é uma leitura fácil, em que você não precisa ficar pensando muito no que está lendo, são histórias dinâmicas que divertem seja do ponto de vista da ação ou seja analisando pela teoria da conspiração envolvida em todos os seus títulos. Este segundo enfoque foi que o lançou ao estrelado com os pontos levantado por ele no livro mais famoso, o Código da Vinci. Se você não conhece o Código da Vinci, leia abaixo a contra capa do livro, e depois continue a leitura sobre “Inferno” (continue mesmo, tem uma surpresa no fim!).

No meio da noite, o renomado simbologista Robert Langdon se da conta que está em um Museu. Desorientado e sendo perseguido pela polícia, ele não tem a menor ideia de como foi que toda a situação chegou a este ponto.
Ao olhar pela janela e reconhecer a silhueta do Arc de Triumphe du Carrousel, em Paris, Langdon tem um choque. Ele mal se lembra de ter deixado os Estados Unidos. Na verdade, tudo aconteceu muito rápido das últimas 36 horas.
Quando um novo atentado contra a sua vida acontece dentro do Museu, Langdon se vê obrigado a fugir e, para isso, conta apenas com a ajuda da jovem criptologista Sophie Neveu.
De posse de um macabro objeto, o criptex, ambos têm que seguir uma série inquietante de códigos criada por uma mente brilhante, obcecada tanto pelo fim do mundo quanto por uma das maiores obras-primas artística de todos os tempos: A Santa Ceia, de Leonardo da Vinci.
Mais uma vez superando as expectativas, Dan Brown nos leva por uma viagem pela cultura, pela arte e pelas obras de Leonardo – passando por lugares como o Louvre, a St. Sulpice de Paris e a abadia de Westminster em Londres.
Código da Vinci é uma leitura eletrizante e um convite a pensarmos no papel da ciência para o futuro da humanidade.

Pois bem, falando diretamente deste livro, ele não foge nenhum um pouco da fórmula utilizada à exaustão pelo autor. Mas desta vez as mensagens secretas estão em Inferno, parte mais interessante da Divina Comédia, obra máxima de Dante Alighieri.

Assim como no Código da Vinci, Langdon está na Europa, porém ele não sabe como chegou lá. Ao ver o médico que estava o tratando ser morto por uma assassina profissional, começa a corrida desenfreada pela sobrevivência na cidade de Florença. Desta vez que o ajuda é a Dr. Brooks. De posse de um artefato misterioso, Langdon acredita ser uma arma biológica, ele comunica a embaixada americana esperando por ajuda, porém ao invés do auxílio, mas um componente entra em cena para tentar acabar com o professor de simbologia. Bom, o resto você sabe como é, trechos sobre a Divina Comédia são apresentados e com base em suas interpretações começa a “gincana” pela Itália!

Como já perceberam não vi absolutamente nada de novo no livro. Dan Brown tem seu template de narrativa. Ele

coloca nomes, obras, locais e aperta o botão gerar história. Pronto, mais um livro está à venda!

Sendo bem sincero, eu nunca tive paciência de ler a Divina Comédia na íntegra. Comecei a ler várias vezes e sempre parava. Sei que muitos dos políticos da época foram “homenageados” como personagens do livro e que a ideia que fazemos do que é inferno hoje saiu deste livro. Nada vai superar a obra original como referência de leitura, porém com o que eu conhecia dos quadrinhos do Spawn e do jogo Dante’s Inferno, já da para pegar muita referência no livro! (quem disse que video game não é cultura? 🙂 ).

Além das livrárias, o livro sai direto em meio digital, mas até o momento o download só pode ser feito a partir do dia 24 de maio. Até onde eu vi, sairá nos formados pdf e epub, ambos com DRM.

Na loja Google Play você pode baixar os capítulos iniciais de graça, basta clicar em amostra grátis para ver o que te espera!

Hora da verdade!

Este livro vale a pena para quem nunca leu nenhum livro do Dan Brown ou para quem gosta do estilo do cara, é mais do mesmo.

Pra fechar leiam a contra capa do livro Inferno e de risada!

No meio da noite, o renomado simbologista Robert Langdon acorda de um pesadelo, num hospital. Desorientado e com um ferimento à bala na cabeça, ele não tem a menor ideia de como foi parar ali.
Ao olhar pela janela e reconhecer a silhueta do Palazzo Vecchio, em Florença, Langdon tem um choque. Ele nem se lembra de ter deixado os Estados Unidos. Na verdade, não tem nenhuma recordação das últimas 36 horas.
Quando um novo atentado contra a sua vida acontece dentro do hospital, Langdon se vê obrigado a fugir e, para isso, conta apenas com a ajuda da jovem médica Sienna Brooks.
De posse de um macabro objeto que Sienna encontrou no paletó de Langdon, os dois têm que seguir uma série inquietante de códigos criada por uma mente brilhante, obcecada tanto pelo fim do mundo quanto por uma das maiores obras-primas literárias de todos os tempos: A Divina Comédia, de Dante Alighieri.
Mais uma vez superando as expectativas, Dan Brown nos leva por uma viagem pela cultura, pela arte e pela literatura italianas – passando por lugares como a Galleria degli Uffizi, o Duomo de Florença e a Basílica de São Marcos.
Inferno é uma leitura eletrizante e um convite a pensarmos no papel da ciência para o futuro da humanidade.

A contra capa lá de cima é falsa e a debaixo é a verdadeira, de forma resumida vocês entenderam o que acontece por boa parte do livro! É tudo igual só muda a gostosa da vez, a obra e o lugar!

That´s all Folks.
Twitter
FaceBook 

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 21/05/2013 em Literatura

 

Tags: , , , , , , , , , , ,

2 Respostas para “Inferno, o novo livro de Dan Brown – Resenha

  1. herrmiller

    22/05/2013 at 12:17 AM

    tenho certeza absoluta que é mais do mesmo, e o mesmo na verdade não pode ser repetido sem alto risco de se tornar totalmente enfadonho!
    hehe….
    sou rato de sebo, mesmo assim me caiu o código da vinci me caiu como um seboso algum tempo depois do lançamento, até que me diverti….
    depois tentei repetir a dose para anjos e demonios e …. ahh, que tédio.
    nunca mais compro um livro dele, mesmo que por 10 reais em um sebo ( quem sabe por 2 pila , quando estiver no balaio dos enjeitados, mas…. acho difícil, tem tanta, mas tanta coisa para se ler, esquisitas, diferentes, antigas, preciosas, inusitadas, que é melhor pegar um ilustre titulo ou autor desconhecido e ter uma chance muito maior de ter um grande prazer com a leitura )

    meus 2 centavos a respeito .

     
  2. Lucrecia

    05/07/2013 at 2:36 PM

    kkkkkkkkkkkk nem eu…. simbolo perdido muito tedio….. e este novo… Inferno…tá sendo um inferno…. não consigo passar das 150 paginas…. e até agora eles só correm…..e correm, e correm….
    Desperdicio de tempo…

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: