RSS

Lançamento XBox One

21 maio

Resumo do Lançamento do XBox One
por Hugo Fernando

xboxone

Senhores este é um resumo do lançamento do novo XBox One!

Ao fim deste post dou minhas primeiras impressões sobre o console!

Funcionalidades.

  • Boot direto a área do usuário, sem frescura, ele memoriza suas última atividades;
  • Instant Change – Função para mudar imediatamente entre recursos do aparelho através de controle de voz;
  • Controle por voz e movimentos;
  • Snap Mode – roda vários aplicativos dividindo a tela;
  • Skype Integrado;
  • Integrado com programação de TV;
  • Xbox One Guide – Informações da programação das TV’s direto no seu videogame

Comentário – Não gosto de comandos do game por voz e movimento, imagine que são três da manhã e você quer trocar do modo jogo para o modo filme, você vai falar com o XBox e acordar metade da casa, isto não é bacana!

Tecnologia

  • Já vem com Kinetc;
  • Já vem com wi-fi e Bluray;
  • 3 Sistema operacionais em um Hardware;
  • Sistema de reconhecimento de ambiente aprimorado;
  • Sistema de reconhecimento de voz aprimorado;
  • Sistema de reconhecimento de movimento aprimorado;
  • Controle físico foi ignorado, é muito parecido com o antigo;
  • Melhor integração com o Smart Glass;
  • Live mais pessoal e mais “inteligente” São mais de 300000 servidores para disponibilizar este serviço!

Demostração de Jogos

Eletronic ArtsFIFA 14, Madden, NBA, UFC (Vídeo com jogadores e lutadores falando sobre o esporte que praticam) – Prometeram conteúdo exclusivos para o XBox One. Os vídeos foram somente CG, não mostraram gameplay!

Microsoft Studios Forza Mortorsport 5, Quantum Break. Os vídeos foram somente CG, não mostraram gameplay! Prometeram 15 jogos exclusivos no primeiro ano.

Xbox Entertenment Studio – Desenvolvimento de conteúdo imersivo para o console, totalmente personalizável. Junto com a 343 será lançado o Live Action do HALO. O Spielberg está junto no projeto, há potencial! Parceria entre NFL e Microsoft, melhoria do Fantasy Football.

Activision Call of Duty: Ghost será lançado primeiro para Xbox One. A comparação entre o MWIII para a geração atual e o CoD Ghost é impressionante! Realidade Absurda!

Primeiras impressões – Eles apresentaram o Xbox One mais como uma central de mídia do que um videogame efetivamente. Deixaram os jogos de lado e mostraram poucos títulos, não teve nada de gameplay, em CG tudo é lindo. Por gosto pessoal, toda a demostração de reconhecimento de movimento e voz foi inútil, não gosto deste recurso e pretendo continuar não utilizando seja em qual plataforma for. Não dei a mínima que o Call of Duty será lançado primeiro para Xbox One, não gosto de jogo em primeira pessoa! Watch Dogs, mostrado na apresentação do Play 4, impressionou mais que qualquer jogo mostrado para o XBox One, sem falar que lá os vídeos eram do gameplay e não apenas um CG. Pra finalizar, eu achei o videogame grande pra caramba, parece um videcassete panasonic G9! 🙂

Agora vamos esperar a E3 para ver se haverá algum gameplay!

That´s all Folks.
Twitter
FaceBook 

Anúncios
 
7 Comentários

Publicado por em 21/05/2013 em Vídeo Game

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

7 Respostas para “Lançamento XBox One

  1. Alan Silva (@InsetoVermelho)

    21/05/2013 at 3:21 PM

    Só comeu a letra i do Kinect. Mas é isso. Belo resumo e em tempo record. Acho que dá para gerar uma discussão bacana sobre a visão de entretenimento da Microsoft.

     
    • Hugo

      21/05/2013 at 3:40 PM

      Arrumado, obrigado.
      Eu sou totalmente a favor que o videogame tenha recursos multimidia, porém eu acho que o foco tem que ser a parte de games! A integração com a TV, comunicação e tudo mais deve ser um complemento. Comparando somente o que foi apresentado pela Sony e a Microsoft, ficou evidente para mim que o XBox One focou no entretenimento e a Sony nos jogos! Pelo que foi mostrado, eu irei comprar os dois videogames, mas a possibilidade do XBox One ficar encostado é grande!
      Abraço!

       
  2. Tiago

    21/05/2013 at 10:25 PM

    O XOne só por si será melhor que o PS4 naquele dia, ou momento, em que a minha internet cair – ou estará em manutenção – e eu quiser outro modo do entretenimento. Nem precisou fazer força. O resto vai ser a mema merda, mesmos gráficos, mesma coisa, não esperem nada de diferente. E eu como sou fã número PRIMEIRO de unificações e junções de coisas (todas) desnecessário falar que poder fazer mil coisas no meu console será de chutar a bunda do Ps4. Chega, estamos quase indo pra metade da segunda década do novo século. Quero tecnologia, não quero fanatismo.

    Mas vamos falar com sinceridade.

    Quem nos dias de hoje paga até 300 em uma mídia, que seja 69, 150 ou 200 reais? Irreal. Por mais que você anexe serviços e mais serviços em qualquer console ou aparelho, as coisas não funcionam como deveriam, não mais nos dias de hoje. Sou caixista pelo o que eu vi depois do dia do lançamento do 360 e por enquanto continuo nisso, caixista. Curti demais o PS1 … quem nuca, não é? Mas achei o projeto do PS2 de muita soberba e carregado de pré-potência, foi um fiasco: O que vi foi uma geração inteira criada a consoles 8 ou 16-bits (indo muito bem nos 32-bits obrigado) migrando dos consoles para os PCs – e em peso -. O início dos anos 2000 foi marcado pela geração CS, Unreal e Lan-Houses. Mídias a preços cavalares? Não, obrigado, vamos dizer não ao mercado e vamos adaptar nossas demandas em outro formato. Não importa o quanto você ame a Sony ou sua falha obra chamada PS2 … aquele calor, aquele frio no estômago nas épocas de SNES se foram com o último lançamento de PS1 … O empolgante era ir no sábado alugar 3 cartuchos pra devolver só na segunda … veio o DVD e o Blu-Ray (mídia que nasceu morta) … e agora querem continuar nos empurrando ela … foi o maior fisco do PS3, agora o PS4 – e infelizmente o XOne – continuam no erro. VAMOS BARATEAR O CUSTO? RRELÔU? BANDA LARGA? TEM COMO BAIXAR O JOGO DIREITO E REDUZIR COM ISSO DIGAMOS QUE 60% DO CUSTO? Não, claro que não. EUA, Europa e Japão continuam sendo EUA, Europa e Japão.

    O que vejo hoje é o seguinte:

    Uma Sony que perdeu a batalha à muito tempo com seu PS2 e uma Microsoft querendo se sobressair à Apple ~ Sony a beira da falência e MS tentando sempre a sua redenção, a sua superação com as falhas do passado.

    O mundo está bem diferente dos anos 80, 90 com seus consoles relativamente baratos e acessíveis, agora cobrando pequenas fortunas por um simples título, uma simples diversão de algumas horas, se não poucos dias na semana … para então colocá-lo em uma estante e pronto. O que é isso? Não pode rodar usado … não pode isso ou aquilo … não pode internet … sinto muito, mas isso não funciona: decreto que os consoles irão morrer nessa geração, nessa oitava. Se não houver um bom sistema de – pirataria – os consoles vão morrer. O que mantém eles vivos, independentemente de você ser cliente VIP daquela loja de importados do melhor shopping da sua cidade e se gabar de gastar até mais de mil reais mensais em títulos que serão utilizados 3 ou 4 vezes na vida, é aquela lojinha do japa que vende mídias falsificadas, “criminalmente” sim, mas que dá retorno. Brasil. Pirateia-se desde sempre, desde os 8-bits, empresta-se jogos desde essa época. Errado ou não, é a realidade. Devemos fechar os olhos pra isso e fazer de conta que todos gastamos 80% dos nossos salários em jogos? Acredito que não … oras, se for assim, diversas lojas em grandes shoppings serão fechadas e seus donos irão presos. Se for pra fazer, que façam de modo correto. E não, não vão fazer.

    Quem leu “Ready Player One” sabe o que está reservado para o futuro do entretenimento. E até agora o único console que começou a mostrar – mesmo que a sombra – do protótipo desse “Bravo Novo Mundo”, me desculpem os sonystas …. foi o Panasonic G9. Leiam as especificações.

     
    • Hugo

      21/05/2013 at 10:37 PM

      Salve Tiago.

      Gosto de ver comentários deste jeito, independente se concorda ou discorda do meu ponto de vista!

      Obrigado pela sua visão dos fatos e sua contribuição.

      Se você autorizar, posso transformar seus comentários em um post para o blog? É óbvio que indicarei a fonte!

      Abraço!

       
      • Tiago

        21/05/2013 at 10:51 PM

        Beleza, Abs!

         
  3. herrmiller

    22/05/2013 at 12:11 AM

    Eu acho q algo vai por aí, se o videogame só encarecer, e a ‘pirataria’ não correr no paralelo, adeus video game…. ( e pirataria não precisa ser lido no mal sentido, é algo como ocorre com a STEAM que tem q acontecer com videogames, acessar o conteudo para comprar ali pela rede, a miriade de titulos e então comprar coisa por até 10 pila se é isso que tem dentro do seu bolso, e correndo o risco de ficar com algo menos descartavel que muito lançamento )

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: