RSS

GUERRA DE BRINQUEDO: cenário de caixas de papelão

31 maio

por HerrMüller

Construindo uma cidade para a mesa de jogos de guerra com miniatura usando caixas de papelão de produtos de supermecado.
Sem muito esforço, de modo prático e rápido, foi possível ‘erigir’ este pedaço de cidade que serve muito bem para representar algum canto de Stalingrado, cidade soviética onde foram travados intensos combates e onde o exército gêrmanico acabou por sofrer sua mais amarga derrota.

Para conseguir um cenário de combate urbano em edifícios destruído, como uma grande cidade como Stalingrado  é preciso uma meia dúzia de caixas de papelão de tamanhos variados conseguidas em algum supermercado e aplicar o seguinte método :
– recorte aberturas irregulares em um ou outro canto de cada caixa, normalmente na parte da base da caixa, que no caso do cenário será a parte do telhado dos edifícios, isto dara o efeito de destruição necessário, além de permitir o acesso dos jogadores ao interior do edifício.
– agora recorte aberturas regulares, para representar janelas,  não é preciso fazer cada janela em separado pois o trabalho é intenso e cruel, então faça grandes retangulos horizontais.
-depois recorte tiras de papelão e cole elas verticalmente ( ou horizontalmente como foi o caso do meu primeiro edificio teste em que eu recortei as grandes aberturas como retangulos horizontais, note o prédio em primeiro plano a esquerda da imagem ) , o resultado final deste processo é conseguir a aparência de grandes janelas
– com alguns dos pedaços que sobraram dos cantos recortados voce coloca-os por dentro das caixas, em posição invetida e eles passam a representar salas dentro do edificio, visiveis exatamente na área onde os telhados em escombros estão abertos.
– nas áreas internas onde tem janelas, voce coloca as abas das caixas, fazendo a vez de assoalhos e onde voce colocara tropas posicionadas.
– para fixar todos estes tipos de peças, os cantos-salas, os assoalhos em andares, as tiras para formar janelas, use cola tipo super bond (cianoacrilato) e o trabalho todo vai ser muito mais fácil, também é preciso fazer tiras internas que depois de coladas aqui e ali darão sustentação para estes assoalhos e salas
– depois pinte de cinza escuro, pode ser tinta látex branca misturada com corante preto.
– depois ‘suje’ o pincel em um pouco de tinta preta, pincele ele  num papelão de rascunho até ele meio que secar, aí voce esfrega ele nas bordas superiores de portas e janelas, vai dar profundidade a peça e o efeito de incêndios que ocorreram nos edifícios bombardeados
– finalmente faça o mesmo método de sujar o pincel e aplica-lo quase seco, com cor branca, para que criar o efeito de neve.
– assente cada edificio sobre uma placa de e.v.a. cinza
– a mesa cubra com tnt ou lençol branco
– e se quiser algo mais com uma lamina aquecida na chama do fogão recorte montículos e colinas em uma placa de isopor mais ou menos espesso, elas representarão muito bem os montes de neve que encobrem escombros na cidade devastada.
E pronto!
Você terá um cenário de batalha urbana em grandes centros muito satisfatório e impressivo.
Veja o resultado nas fotos ( todos os edifícios tem plataformas de andares para posicionar tropas no seu interior, mas não precisa fazer isto para cada andar e em cada lado da caixa, fica mais fácil fazer só em alguns lados e andares, permite melhor acesso a eles, e representa muito bem a condição de prédios destruidos nos combates )

uns toques de algodão aqui e ali representando fumaça dão mais ação ao cenário

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 31/05/2013 em Geral

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: