RSS

Série de Suplementos de Pathfinder – Fey Revisited, Castles of the Inner Sea e Dragons Unleashed

11 jul

Três suplementos simples… Não fundamentais, mas enfim, sempre com algo a adicionar…

Por Guido Faoro Conti

Olá meus caros. Bem vindos de volta à minha coluna. Desta vez abordarei rapidamente três suplementos do  da série Pathfinder da editora Paizo que não considero essenciais, mas que podem atrair sua atenção. Não recomendo, entretanto, se voce tem intenção de comprar suplementos que vão adicionar de fato mais opções de regras de sistema ao seu jogo. Mas gosto é gosto. Vamos lá:

 

capa

1 – Fey Revisited

Este suplemento na verdade não oferece nada de especial apesar do que o título poderia sugerir. O que ele faz é fazer adições ao bestiário de Golarion sem, necessariamente, ligá-los intimamente ao cenário da editora. Você poderia usá-los no seu próprio cenário então, visto que acompanham descrições das lendas do mundo real para voce adaptá-las e utilizá-las no seu cenário como achar mais adequado. É bacananinha mas com pouco conteúdo pro tamanho (68 páginas).  As adições são (Dryad, Gremlin, Leprechaun, Norn, Nuckelavee, Nymph, Redcap, Rusalka, SatyrSprite). Bem, fica a dica.

capa 2

2- Castles of the Inner Sea

Este, para mim, é o mais custo-benefício dos suplementos que cito aqui. O livro trata da descrição de 6 castelos muito bacanas do mundo de Golarion (Castle Everstand, Castle Kronquist, Citadel Vraid, Highhelm, Icerift CastleSkyborne Keep). É verdade, adaptar este suplemento que foi feito francamente para o cenário pronto da editora pode dar algum trabalho, mas o que ele traz compensa mais ao dono até mesmo que outros suplementos mais genéricos da Paizo. O primeiro capítulo do livro trata de uma descrição geral de cada castelo e do vocabulário aplicável à este tipo de estrutura e suas partes. O primeiro castelo é um bunker que faz fronteira com uma perigosa terra dominada por selvagens orcs (Castle Everstand). O segundo é uma cidadela dominada por vampiros com muitos mistérios e coisas esquisitas bem interessantes (Castle Kronquist). O terceiro trata de uma cidadela dentro do inexpugnável reino de adoradores de demônios de Cheliax (Citadel Vraid) e sua rotina opressiva. O quarto trata de uma cidade montanhosa (nem tudo no cenário é, literalmente, um  castelo) que é capital do reino dos anões (Highhelm) e é bem interessante mas um pouco estereotipada. O quinto fala de uma locação abandonada pelas pessoas mas dominada por monstro canibais e assassinos (Icerift Castle). Um pouco hack’n slash demais pra mim, mas legal que a opção exista. E por fim, o sexto capítulo trata de um castelo voador dominado por gigantes das nuvens (Skyborne Keep). É uma locação indicada para personagens de 17º nível ou épicos (seja lá como eles venham a ser na visão da Paizo). Enfim, é um livro bacana com vários NPCs interessantes. Se voce gostou das premissas, pode valer a pena dar uma checadinha. mas não compre se você tem preguiça de usar essas coisas.

capa 3

3- Dragons Unleashed

Falando em NPCs, este suplemento tem a pretensão de comentar a história e a ficha de vários dragões (e exclusivamente dragões)  que podem servir como vilões, mentores, ajudantes, protegidos, etc… Enfim, cumprirem a função sempre relevante de servir como foco para o mestre criar aventuras. Dragões são legais e interessantes e o livro tem a função de ressaltar este aspecto. Em termos de estatísticas desse e o Fey Revisited, fico com esse aqui. Muito mais legal. Eis a lista das belezinhas:  The Brazen Clutch (Wyrmling Brass Dragons), Deyrubrujan (Great Wyrm Blue Dragon), Eranex (Fey Creature Adult Silver Dragon), Fahrauth (Great Wyrm Umbral Dragon), Garaudhilyx (Great Wyrm Gold Dragon), Maghara (Young Adult Copper Dragon Ghost), Moschabbatt (Ancient Magma Dragon), Rezlarabren (Adult Brine Dragon), Seryzilian (Great Wyrm Black Dragon), Sjohvor (Great Wyrm White Dragon), Sonthonax (Juvenile Bronze Dragon), Toishihebi (Mature Adult Forest Dragon), Tuan Huy (Juvenile Sovereign Dragon)Zedoran (Great Wyrm Green Dragon). Tudo isso sabe em quantas páginas? 68. Vai dizer que não vale mais que o Fey? Pois é.

Bom ficam as sugestões da semana. Espero que tenham interessado um pouquinho. Abraço a todos e ótimo final de semana!!

Anúncios
 
2 Comentários

Publicado por em 11/07/2013 em RPG

 

Tags: , , , , , , , , , ,

2 Respostas para “Série de Suplementos de Pathfinder – Fey Revisited, Castles of the Inner Sea e Dragons Unleashed

  1. Hebert Magno

    12/07/2013 at 11:50 PM

    1- Normalmente a série revisited não é adição de monstros novos (todos eles já apareceram antes, seja em adventure path ou em bestiarios), mas sim ajudar a dar idéias de como esses monstros podem ser usados em campanhas de uma maneira inovadora/repaginada.
    2- Cidatel Vraid não fica em Cheliax, mas sim em Varisia. A order of the Nail foi uma ordem dos Hellknights que atendeu o chamado da rainha Domina (então rainha da colonia de Cheliax, Korvosa) e se mudou para Varisia para ser uma força de ordem na região sem lei.
    3- Já houve um livro chamado Dragons Revisited, onde as diferenças nas “cores” dos dragões era bem aprofundada, este aqui é mais um mini NPC Codex de dragões mesmo.

     
  2. guidoconti

    13/07/2013 at 12:27 AM

    Olá Draco, obrigado pela sua presença como sempre!

    Sobre o Fey, é verdade, não são monstro originais, apenas releituras de monstros que estão nos bestiários (com exceção do Gremlin, acho). O que muda é como voce poderia fazer a inclusão da lenda do monstro ao mundo de Golarion. Nesse sentido, “stat block” é o de menos, correto?Independente disso, você não achou que ficou ainda assim meio curtinho demais? Para o tamanho e quantidade de criaturas, acho que o espaço podia ser mais bem aproveitado…

    Sobre a Cidatel Vraid, eu admito que errei a citação… é que na verdade botei na cabeça que o lugar era um pedacinho de Cheliax… e acabei trocando as bolas e ficando só com Cheliax… Donde tirei isso? Sorry. 😦

    O Dragons Unleashed, com esse nome parece que vai ser um Draconomicon, mas quando voce abre o livro… Mas ainda assim, superútil ao mestre. O que importa em um suplemento é ajudar o mestre a criar aventuras certo…? O Dragon Unleashed pelo menos não faz propaganda enganosa. No geral achei o suplemento bacana…

    Abraços

    Guido

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: