RSS

GUERRA DE BRINQUEDO = Warhammer 40k com Sucata

25 out

figPor HerrMüller

Uma partidinha de aprendizado 40k ultima edição com o proféssor Daniel, 500 pontos na mesa, pedaços de cenário de sucatas e restos de material de construção, soldadinhos de plástico e tanques de papel, e não ache ruim porque pelo menos o meu exército aparece sempre pintado ! :twisted:

MEUMEUVERSAOb

Image
___________________
MARINES :
2 pelotões de elite sendo um transportado pelo APC
GUARDAS IMPERIAIS :
2 pelotões de treinados , com um esquadrão acompanhando o APC comando.

No pequeno planeta Tarsy, no sistema binário de gama velorum , ao raiar do primeiro sol, os guardas imperiais desembarcaram da nave e tomaram posição para assegurar a posse da Estação Melta-Z.
O calçamento ainda estava quente do calor tórrido do dia anterior.

O veículo marine chegou pela avenida principal, passando pela antena rumo ao reator principal, um pelotão foi enviado pelo flanco direito como batedor para sondar as possíveis defesas do inimigo.
No meio do caminho o pelotão foi cercado pela força Imperial, um veículo Quimera dobrou a esquina por trás e abriu fogo, imediatamente seguido pelos feixes de laser do esquadrão de escolta, e mais uma sucessão de laser da força principal do pelotão que vigiava a entrada lateral de acesso ao reator.

Image

Image

Uma escaramuça de fogo tecnológico decadente teve início entre as ambos os inimigos.
Os Marines formaram uma parede de homens com frente para os dois lados, e forçaram a passagem para a retaguarda, assaltando as forças ao redor do veículo comando.
Muitos Marines começaram a tombar diante da saraivada intensa de laseres que caiam sobre eles, mas StellCase gritou impropérios, incitou seus homens e desafiou o líder da Guarda a enfrenta-lo como um homem, os guardas imperiais não deram ouvidos as provocações e continuaram a despejar balas, mas quando os Marines se aproximaram o suficiente seu operador de Lança-chamas disparou um jato terrível e devastador que calcinou os homens a frente do bando inimigo.
Olavoski , o alto e corpulento Capitão IG , levantou a mão sinalizando que seus homens se detivessem, o fogo cessou de ambos os lados….
Os líderes mediram-se com o olhar e avançaram alguns passos a frente , e uma roda ampla de homens armados abriu-se entre eles.
StellCase se moveu com rapidez, e golpeou duro e forte, acelerando a serra da sua espada, produziu cortes nos ombros e no torso do gigante IG, mas estes manteve-se de pé….
Após um instante de silêncio Olavoski bradou um grito selvagem de fervor fanático ao Império e em um movimento amplo desceu sua espada serrilhante sobre o Marine, este foi ligeiro e conseguiu se esquivar, ambos se engalfinharam num corpo a corpo selvagem, as espadas girando alucinadas e cortando superficialmente daqui e dali….
A ação não durou um minuto, Olavoski perdeu 3 dedos da mão esquerda, e teve um olho arrancado, enquanto o líder Marine sangrava no ombro, a tropa Imperial não segurou o moral quando StellCase pisou no olho do gigante, e recuou assustada, Olavoski conseguiu deter a fuga do seu pelotão comando, mas não teve outro remédio senão entrar pela porta de embarque do veículo blindado de transporte e ordenar a retirada.
Os Marines agora se voltaram para seguir adiante e fazer frente ao inimigo que o aguardava além da esquina.

Image

Image

Image

Na Avenida Central de acesso ao reator o veículo Marine lançou fumaça para se protejer dos disparos de mísseis que os Imperiais lançavam da torre do reator, o avanço foi lento e penoso e o veículo chacoalhava assutadoramente com o impacto dos projéteis, o pelotão desembarcou quando o primeiro sol de Tarsy se pos no horizonte a esquerda…
Os Marines tiveram tempo de rechaçar um grande pelotão de infantaria Imperial que tentou atacar pela esquerda, ao mesmo tempo que abria fogo pesado contra os defensores do reator…
Os imperiais tiveram baixas severas, entretanto seguraram a posição, enquanto o pelotão de apoio reposicionava sobrre a passarela lateral, e iniciava nova carga de disparo sobre os assaltantes…

Os Marines pareciam invencíveis, e avançavam em ambos os setores, no centro e na direita, os Imperiais iam tombando na troca de tiros, entretanto eram em grande número, a segunda noite de Tarsys foi que salvou-os da destruição imediata, pois os Marines resolveram fazer uma retirada estratégica e voltar com reforços no que o segundo sol emergisse no horizonte direito dali a 3 horas….

Image

Image

Image

Image

Image

DADOS TÉCNICOS :
Imperial, fique longe do inimigo!
Muitos feixes de laser, muitas ordens obedecidas, e vários Marines caídos, mas quando o contragolpe vem, e se for aproximado, ele pode doer!

A partida serviu muito bem para explicar novos conceitos e mudanças nas regras, mas ainda longe de permitir algum aprendizado tático mais elaborado, para isto sera preciso pontuação maior e mais partidas….
Estou fazendo meu esforço para aprender e gostar do ficcional futurista 40k ….
E em breve devo aportar pelas instalações do clube e travar uns combates com os confrades do segmento.
Até lá!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 25/10/2013 em Geral

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: