RSS

GUERRA DE BRINQUEDO = O Martelo Dos Escotos

14 fev

PictosyEscotosPor HerrMüller

Tempo de guerra no Bunker II , desta vez com um ‘wargame’ de tabuleiro :
HAMMER OF THE SCOTS

A ambientação do jogo ocorre na idade média próximo a guerra dos 100 anos , ao reinado do rei inglês Eduardo Longshanks, soberano temerário que travou muitas guerras internas para unificar o reino da Grã-Bretannha e que ganhou a alcunha de ‘martelo dos escotos’ ( ou escoceses, o termo escotos é uma derivação de um dialeto mais antigo, com multiplos sentidos, significando os antigos Irlandeses ou escoceses das terras baixas, entre outros, considere no caso em questão simplesmente como Escoceses ) por ter subjugado as tribos e nobres da Escócia neste período.
Esta época ganhou notoriedade com o filme Coração Valente, cujo personagem principal é o escocês William Wallace, que também participa do jogo!

É um jogo de manobras estratégicas, bem urdido, dinâmico e ágil, que usa blocos de madeira com representação grafica de um dos lados para ilustrar a presença de tropas e mais especificamente nobres e personagens do conflito ( e suas companhias de armas ) ….
É um tipo de sistema em que os blocos de madeira são girados para representar 4 passos até a exaustão total da peça e sua remoção do tabuleiro, entretanto elas normalmente voltam ao cenário na rodada seguinte, conforme as condições e a estratégia do jogador que as domina.

Apesar das ‘batalhas’ que ocorrem em todos os turnos, os resultados não são propriamente a ‘morte’ definitiva das peças, mas sim sua mudança de situação politicia, especialmente para as peças principais que representam os nobres envolvidos no conflito….
Algumas raras peças são ‘incorruptiveis’ como a que representa William Wallace, por exemplo.
A vitória é conquistada por pontos ao final de 10 rodadas que representam os 7 anos de guerras intestinas entre Eduardo e os Escoceses, e os pontos são considerados pelo lado que os nobres se alinham ao final deste periodo, se ingleses , ou escoceses.
O jogo apresenta 3 cenários, e afinal de contas é um esperto jogo de guerra e tabuleiro, que não vai se repetir muito corriqueiramente mas que tem um ‘agradável sabor’ quando jogado de vez em quando.

Vamos ao breve relato da guerra entre Ingleses e Escoceses no final do século XIII:

MEUMEUVERSAOb


Gustavo : Escoceses
Müller :  Ingleses

user posted image
Após obter grandes vitórias morre prematuramente o bravo William Wallace…

As guerras intestinas que Eduardo Longshanks travou contra a Escócia duraram 7 anos, no entra e sai do soberano naquele território, a dança da nobreza que insistia em pular de um lado para o outro, jogando conforme seus interesses ou prioridades o perigoso jogo politico proposto pelo soberano, levou a morte de milhares de pessoas, incluindo o maior herói do povo que a Escócia já teve :
William Wallace, que morreu pela mão dos ingleses antes de terminar o segundo ano de guerra…

Eduardo Longshanks participou ativamente dos conflitos daquele período, entrando no território escoces inumeras vezes, e com sua presença imponente e seus homens de armas fortemente encouraçados e bem armados mostrou-se decisivio para sustentar as posições inglesas até a fronteira das ‘terras altas’ no meio do território, no terceiro ou quarto ano de guerra sua influência ultrapassou o reino de Angus e chegou a ameaçar o condado de Buchan no extremo nordeste da ilha!
Os ingleses foram barrados com a ajuda dos nórdicos enviados pelo rei da Noruega, e tiveram que retrair para os territórios aquém das highlands.

Após o inverno seguinte muitos nobres aderiram a causa escocesa, e com as vitórias nas batalhas da primavera a influencia de Eduardo foi seriamente ameaçada em todo território, somente os reinos do sul continuaram a conspirar sob a bandeira inglesa.
Os nórdicos enviados pelo Rei da Noruega fizeram incursões pelo mar da Irlanda e também pelo outro lado da ilha, e colaboraram para a traição de Galloway no sul.
No final da campanha lá perto dos dois últimos anos Eduardo esteve envolvido em conflitos com o país de Gales e não marcou presença no território escoces, mas seu representante mais fiel Hobellard participou ativamente das ultimas batalhas, expulsando os nórdicos das ilhas, reduzindo a influencia nefasta de Halloway, assegurando o dominio dos condados centrais e obtendo sucessos bélicos que garantiram a vitória do Ingleses.
Ao final de sete anos finalmente se encerraram os conflitos e os golpes diplomáticos pelo controle da Escócia, a maioria dos nobres asseitou a suserania Inglesa, e Roberto o Bruce não teve alternativa senão retrair-se para seu castelo e lá ruminar sua derrota.

user posted image
o retangulo amarelo foi palco de lutas sangrentas e grandes golpes politicos e diplomáticos, os escoceses chegaram a retomar toda influencia perdida em A depois descendo para B e C , mesmo assim com a derrota dos nórdicos, foram batidos além do Angus

user posted image
A influencia inglesa de Longshanks se fez sentir o tempo todo em direção nordeste, no avançar da campanha os escoceses conseguiram avançar pelo lado oposto e descer para o sul 

user posted image
desde o início o condado de Halloway se mostrava um problema

user posted image
nas batalhas do nordeste foi selado o destino da Escócia

 
Deixe um comentário

Publicado por em 14/02/2014 em Geral

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: