RSS

GUERRA DE BRINQUEDO = Flames Of War com 4 jogadores no clube TROPAS POLARES

03 ago

Por HerrMüller

images

E aqui vai, finalmente, um novo relato de batalha de jogos de guerra com miniaturas, desta vez o clássico : FLAMES OF WAR.
Esta partida foi especial pois contou com 4 jogadores e dois mil pontos de exército para cada lado.
Gêrmanicos versus Norte-Americanos, num campo de batalha montado numa das mesas do clube de jogos de tabuleiro e miniaturismo TROPAS POLARES de Curitiba.
Foi uma divertidíssima e muito ágil partida, que fluiu sem contratempos, com a quase ausência  total de mazelas por regras ou medidas, porque o grupo era de jogadores do tipo ‘for fun’ bem amigável.
A estrutura do cenário foi montada na hora, com a presença de muitas sebes em um dos lados, que veio a ser ocupado pelos germânicos,  bosques espalhados em vários lugares, uma pequena colina no centro que não teve peso tático nenhum, e uma área de fortificações, cujo bunker acabou favorecendo a irrisória infantaria norte-americana que se abrigou nele ao mesmo tempo em que podia segurar e contestar o seu objetivo durante toda a batalha.
A partida terminou de modo inusitado, com o recuo automático  da companhia germânica por perdas pesadas e com seus oficiais em comando ficando MIA ou KIA ( missing/killing in action ).

Com 2000 pontos para cada lado, foi uma partida de porte médio, já que haviam 4 jogadores, dois para cada lado e com a seguinte disposição bélica :

Germânicos – Mateus e MiniMat.
2 Panzer IV  como oficiais em comando.
5 Stug como pelotão de combate A
5 Panzer IV como pelotão de combate B
4 Stug como pelotão de canhão de assalto
3 Canhões Pak 36 ( r ) como pelotão anti-tanque
2 Tiger I  como pelotão pesado     * ( Líder Top-Ace com ROF3 e re-rolagem de erros )

Norte-Americanos – Daniel e Müller
2 Sherman 4 como oficiais em comando.
5 Sherman 4 como pelotão de combate A
5 Sherman 4 como pelotão de combate B
4 M10 Wolverine como caçadores de tanques ( com carros blindados como comando e suporte )
1 pelotão de reconhecimento ( meia-lagarta com grupo de rifles e jipe para comando e bazooka )
4 Priest como pelotão de artilharia blindada

Acompanhe abaixo o relato de batalha :

Russian_Tanks_AFV_28mm_Wargame_World_War_2_WW_II

 

cont2

DISPOSIÇÃO DO CAMPO DE BATALHA :
Germânicos escolheram o lado das sebes, buscando proteção, que  chegou até a atrapalhar ao usarem uma tática extremamente ofensiva.
Os norte-americanos afortunadamente, colocaram sua infantaria de reconhecimento no lado das fortificações, sem pensar a respeito, mas não demorou muito para perceberem que o bunker estava a distância de comando do objetivo e era o lugar ideal para se protegerem e contestarem qualquer tentativa de conquista inimiga naquele setor.
No outro lado  bosques e árvores foram o palco principal da batalha, com tropas se engajando a queima roupa num pandemônio de emboscadas.
Os norte-americanos aprenderam uma dura lição ao emboscarem o pelotão stug no centro, a partir de posição na saida das proprias linhas inimigas, isto fez com que a reserva alemã inicia-se bem entre e atras deles, dizimando-os com facilidade.
Detalhe técnico :  pelotão de pesados Tigre tinha um super ás de tanque, com dupla habilidade, os dois tanques eram rapidos nos disparos com taxa de fogo 3  ao invés da usual dois, e seu líder ainda era eximio re-rolando todos os erros, entretanto não estava num bom dia e errando muitos tiros acabou cercado e neutralizado pelo inimigo.


150831FOW2K1

I

Michel Witmann não estava muito bem naquela manhã, as comemorações da noite anterior que o pessoal havia lhe preparado depois de destruir ou avariar mais de 30 tanques inimigos no bolsão de Falaise  o haviam afetado, o estômago embrulhado, as vísceras se revolvendo, por mais de uma vez teve que abandonar o blindado para evacuar atrás de uma moita. Justamente agora que estavam escondidos  entre as árvores e haviam localizado a vanguarda da força inimiga, a companhia avançou com dois pelotões de canhões autopropusados Stug prontos para abrir fogo sobre o inimigo, Witmann não se deteve e ordenou o avanço do seu carro, logo seguido pelo Tiger acompanhante,  contornando as árvores e abriu fogo sobre os Shermans que assomavam a frente, o tiro atingiu o primeiro Sherman que estremeceu com o impacto, a escotilha da torre se abriu e alguns tanquistas desesperados saltaram do veículo e correram para a proteção das árvores ao lado.
Os Stugs na retaguarda também atiraram, mas sem maiores sucessos, isto deu tempo para o restante do pelotão inimigo recuar para trás do bosque que havia a sua direita.

O grupo de reconhecimento dos aliados que avançava no flanco oposto avistou os canhões inimigos que vigiavam por trás das sebes próximos a sede da fazenda, e ouviram o barulho dos motores e o guincho das lagartas que indicava blindados a sua frente por trás dos altos bocages a frente, os soldados desembarcaram e o oficial ordenou que os veículos retornassem a retaguarda, enquanto eles corriam a pé para se abrigar no bunker, confiando que a formidável estrutura e a bazooka que possuiam pudesse manter a posição até a chegada de reforços e deter o avanço do inimigo.

150831FOW2K10

II

Tão logo se recuperaram da surpresa o pelotão de blindados Sherman manobrou atrás do bosque procurando posição de tiro e defesa, pediram reforços por rádio, no que foram prontamente atendidos, pois duas unidades blindadas estavam escondidas nos bosques adjacentes.
O pelotão de caçadores de tanque M10 avançou por trás dos Tigers e disparou a queima roupa, um dos tanques foi atingido e sua tripulação ficou alarmada, a torre do outro monstro de aço começou a girar lentamente na sua direção.
Enquanto isto um pelotão Sherman que estava avançado nas linhas inimigas, entranhado na vegetação assomou e tomou posição por trás da área de sebes, localizou as posições dos canhões inimigos, mas ignorou-as, parte do pelotão que estava mais a leste abriu fogo sobre a retaguarda dos Stugs, colocando vários deles fora de combate, entretanto isto fez com que a fumaça e as cacaças destruídas se tornassem obstáculos para o tiro dos tanques que estavam do outro lado, e eles desperdiçaram a chance de aniquilar totalmente o alvo.
O remanescente dos Stugs avançou com muita iniciativa e deu combate aos caçadores de tanques, auxiliando o Tiger de Witmann que agora com a torre completamente voltada para a retaguarda disparava sobre os caçadores, em instantes 3 veículos lançavam labaredas e torres de fumaça para o céu, somente o Wolverine que havia ficado mais para trás escapou, sua tripulação pensou em recuar, mas a visão dos Tigres virados de costas para ele e dos quais um pelo menos parecia estar momentaneamente fora de ação, resolveu ficar e continuar o combate.

150831FOW2K4

III

Os alemães não estavam parados, tão logo o combate se iniciou uma força de reserva foi acionada, um pelotão de panzers IV apareceu exatamente por trás do pelotão Sherman que estava nas sebes, e o combate que se seguiu foi uma carnificina em meio as chamas e explosões que se seguiram nos tanques aliados que foram completamente aniquilados em poucos segundos.
Mas os panzers tiveram dificuldade para avançar entre os escombros e transpor as sebes que dominavam no local, isto e mais o avanço frustrado do pelotão Stug no flanco oposto, a oeste da sede da fazenda, que tentou avançar diretamente pelas sebes e teve simplesmente 3 dos 4 veículos encalhados, dando muito trabalho a tripulação para tira-los daquela situação.
O pelotão de reconhecimento observava com auxílio de binóculos toda a ação em ambos os flancos, viu os Stugs encalharem, e depois voltou sua atenção para o centro nevrálgico do combate ao redor dos poderosos Tigres, estes disparavam sem sucesso, ou erravam o alvo, ou as granadas que atingiam simplesmente não conseguiam terminar o serviço destruindo o inimigo.
Um dos tanques aliados, o Sherman que havia levado o primeiro disparo, continuou sendo sacudido por disparos sucessivos, mas simplesmente resistiu, mesmo abandonado por sua tripulação que não tinha a mínima condição de voltar ao veículo.
Toda esta sorte de acontecimentos, fez em breve a maré mudar, e os norte-americanos que estava seriamente ameaçados e ficaram abalados com a perda total do pelotão avançado, manobraram seus blindados para posições de tiro mais ou menos cautelosas por tras das árvores e começaram a obter sucessos promovendo baixas entre os inimigos.

150831FOW2K2

150831FOW2K3

150831FOW2K5

IV

Witmann que entre espamos da diarréia, não conseguia concentração adequada, teve seu  Tiger imobilizado e finalmente colocado fora de ação, com um tiro do único M10 sobrevivente à sua retaguarda, ele tentou fugir mas depois foi feito prisioneiro pela tripulação do Sherman que estava abandonado desde o início da escaramuça, isto fez com que a tripulação do outro Tiger se rendesse saindo de dentro do bosque.
A moral despencou nos carros vizinhos, e depois de mais um Stug fora de combate, dois últimos foram abandonados após sofrerem impactos das granadas dos Sherman.
O pelotão de panzer IV agora finalmente se aproximava ladeando os campos de cultivo e deixando as sebes para trás, mas foram retardados enquanto destruiam um blindado americano isolado que apoiava os caçadores de tanque.
Com mais este tempo precioso finalmente os norte-americanos receberam reforços, com uma unidade de blindados Priest, dotada de canhões de bombardeio, que tão logo chegou ao local espalhou seus observadores e reuniu o grupo de Staff para calibrar posições de tiro sobre os inimigos, o alvo escolhido foi o pelotão Stug no flanco oposto que agora livre das sebes avançava em grupo cerrado ladeando as fortificações e sistema de trincheiras que haviam junto ao bunker.
Os Priests dispararam e sua calibração foi perfeita, com tiros atingindo já entre os veículos inimigos, isto com o avançado sistema de comunicação norte-americano e a presença do grupo de cálculo de artilharia permitiu que um violento bombardeio fosse lançado sobre os Stugs, estes receberam uma chuva momentanea mas torrencial de granadas, e todos os veiculos foram avariados ou abandonados.
Quando a fumaça dissipou só restavam carcaças retorcidas e fumegantes no local….
A companhia alemã havia sido duramente castigada, o comandante estava ferido, e o segundo em comando desaparecido, os pelotões remanescentes simplesmente giraram os veiculos e recuaram apressados do inimigo.

O grupo de reconhecimento abrigado no bunker enviou felicitações pelo rádio a todos os tripulantes dos tanques, que urraram de prazer, apesar que ainda chorariam a perda de vários amigos perdidos em combate.

150831FOW2K6

 

150831FOW2K7

150831FOW2K8

 

150831FOW2K9

 

Anúncios
 
5 Comentários

Publicado por em 03/08/2015 em Geral

 

5 Respostas para “GUERRA DE BRINQUEDO = Flames Of War com 4 jogadores no clube TROPAS POLARES

  1. gilberto maciel

    03/09/2015 at 4:56 PM

    onde consigo compra os soldados ,com tema militar pois tenho tanques e blindados ,desde ja agradeço ,pode ser ate artesanal .

     
    • herrmiller

      11/09/2015 at 3:06 PM

      É preciso saber a escala dos seus veiculos, para conseguir algo compativel…
      Eu recomendo que voce entre nos grupos de facebook abaixo :
      TROPAS POLARES –
      WARHAMMER BRASIL

      ambos tem gente que sabe muito a respeito de minis para isto e onde adquirir.
      Claro que se escala não for problema e economia total for mandatória, fique de olho em soldadinhos de plasticos vendidos em pacotes em lojas tipo : Casa China
      Eu fiz isto para implementar RANGERS X INSURGENTES em jogo de guerrilha moderna, procure minhas postagens antigas para ver como ficou.

      E este tipo de soldadinho também é de uma escala que serve bem para um sistema chamado BOLT ACTION, que por sinal usa somente um ou dois veiculos por lado ( ou veiculo nenhum )

       
      • rasfono

        04/11/2015 at 2:51 PM

        Parabéns Muller!!

         
    • rasfono

      04/11/2015 at 2:50 PM

       
  2. Warrior

    04/11/2015 at 2:49 PM

    Novamente… parabéns Muller, seus relatos são sempre muito bons!

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: