RSS
Imagem

007 Contra Spectre – Resenha

05 nov

 

 

 

 

@cacorpg é um fã de seriados e filmes, especialmente quando eles são baseados ou inspirados por livros ou quadrinhos. Através das imagens nossa imaginação se fortalece. Com este post, marco presença semanal aqui no Eu Gosto de Jogar. Junto com o retorno, grandes mudanças!
download

Com a sinopse Uma enigmática mensagem do passado de Bond o coloca no caminho para revelar uma organização sinistra. Enquanto M luta contra forças políticas para manter o serviço secreto vivo, Bond se aproxima de descobrir uma verdade escondida que ameaça destruir tudo o que ele lutou para proteger”, se inicia mais um filme da aclamada franquia criada por Ian Flemming em 1952. Cuja estrela é o agente secreto James Bond, o famoso 007. Coincidentemente, o primeiro livro publicado foi “Casino Royale”, nome também do primeiro filme estrelado em 2006 pelo violento Daniel Craig.

Casino Royale Capa da 1a ediçãover

 

Faço questão de anotar aqui que Daniel Craig e logicamente os roteiristas  trocaram o charme do 007 por pujança física. O filme como ação e aventura nada deixa a desejar. Tem perseguições de carro, helicópteros descontrolados, explosões e muito tiroteio. As famosas “Bond Girls” também marcam presença, mas nosso 007 charmoso e sedutor não. Vemos na tela o típico macho alpha, viril, forte e cheio de frases prontas do tipo “irei lhe proteger jovem donzela!”.

 

Um roteiro fraco e cheio de clichês. Capaz de receber, segundo outras fontes, a triste alcunha de “pior filme do 007 dos últimos 30 anos”. Mas o que te faria ir ao cinema? Nessa resenha vou tentar
exaltar os louros do filme, aí você decide!

SPECTRE_ONE_SHEET_1200_1779_81_s

Posso enumerar bom motivos para você ir à sala escura: ser fã da franquia (eu), gostar do Daniel Craig (eu não), gostar de filmes de ação (eu novamente) ou curiosidade. Destaco a amarração que os roteiristas deram nos filmes passados (aaaahá), sim neste ponto temos um “Thumbs up” para o filme. É bem legal ver os “easter eggs” surgindo entre explosões e cenas românticas (ou quase românticas). Aliás esses pequenos presentes aos fâs da franquia faz querer ver o filme novamente novamente e prestar atenção nos possíveis detalhes perdidos. É tanta referência que já tenho vontade de assistir toda a franquia em uma única vez (nós aqui do Eu Gosto de Jogar, somos muito fãs de maratonas).

Segue a sequência dos filmes do Daniel Craig para quem quiser ver ( em breve eu farei aqui em casa!):

Recomendo com uma garrafa de vinho, namorada (o) e um punhado de amigos em um fim de semana com chuva! Assim todos podem ajudar a catar os detalhes a cada filme.

Como eu não poderia deixar passar a oportunidade, vou harmonizar esse filme com um bom RPG. Minha recomendação para futuras experiências é o excelente SpyCraft RPG 2,0 (2005) da AEG, (ainda sem uma versão em português). Esse é um RPG genérico de ação/cinemático para espiões no melhor clima 007, muitos gadgets exclusivos como canetas bombas e supercarros cheios de aprimoramentos. Existte uma versão de regras baseada na licença aberta do D20 System.

spycraft_2_0_cover_design_by_natebarnes

 

Agradecimentos especiais a: Henrique Leinig e a Carla Talhamento do Espaço Z por nos proporcionar o acesso ao filme.

bond-spectre-logo

Ficha Técnica:

007 Contra Spectre – Spectre (2015)

Duração: 148 min

Gênero: Ação, aventura, Thriller

Diretor: Sam Mendes

Escritores/Roteirista: John Logan, Neal Purvis, Robert Wade e Jez Butterworth

Elenco: Daniel Craig (James Bond, o agente secreto 007), Christoph Waltz (Franz Oberhauser), Léa Seydoux (Madeleine Swann), Ben Whishaw (Q, o contramestre do MI6), Naomie Harris (Srta. Eve Moneypenny, a assistente de M), Dave Bautista (Sr. Hinx), Monica Bellucci (Lucia Sciarra), Ralph Fiennes (M, o chefe do MI6), Rory Kinnear (Bill Tanner, o chefe de gabinete do MI6), Andrew Scott (Denbigh, um novo membro do MI6), Jesper Christensen (Sr. White, um membro da organização criminosa Quantum).

 

 
1 comentário

Publicado por em 05/11/2015 em Cinema, Geral, RPG

 

Tags: , , , , , , , , ,

Uma resposta para “007 Contra Spectre – Resenha

  1. herrmiller

    05/11/2015 at 10:28 AM

    Infelizmente ou isto é um sintoma ‘sócioantropológico’? natural da evolução moderna…. hehehe, infelizmente o James Bond perdeu o charme, quer dizer, o romantismo de tudo que marcou uma era esta sendo perdido para os novos paradigmas da força bruta…. todos os filmes e todos os heróis tem a força, a rapidez salientados em detrimento do carisma e da inteligencia , haha, esta foi uma comparação grosseira que me ocorreu agora, não liguem…. na verdade até a magia esta se perdendo ( e com ela a vitalidade, mesmo que os filmes atuais pareçam ‘explodir’ com ela ) ………..

    clichê o james bond sempre foi desde o primeiro, mas eram clichês algo mais de época, portanto romantizados….. para uma série como 007 que era um ‘agente secreto’ e não um super herói voador, logo ali na frente vira um gênio que revisitara a obra e fará uma obra prima trazendo tudo que foi perdido e algo mais, trazendo o que em filme ele nunca chegou a ser ( mas deveria ter sido ) …. mas será uma obra unica, como um coração valente, e não se prestara a uma franquia, pelo menos eu duvido muito que as obras feitas da maneira correta para este tipo de coisa se prestem a franquias ou repetições intermináveis….

    se eu vi algum deste james bondes omoderno?
    claro que não, e não tenho medo que me acusem de falar do que não sei…. infelizmente, eu sei do que estou falando ….. suspiro ….
    🙂

     

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: