RSS

Arquivo da tag: seriado

Penny Dreadful – A Serie de TV

@cacorpg é uma fã de seriados e filmes, especialmente quando eles são baseados ou inspirados por livros ou quadrinhos.Pois é através das imagens que a nossa imaginação se fortalece!

Em conversas recentes com o amigo Duncan Salazar (aka: Leandro L. C. E Rodrigues) pedi a ele indicação de novos seriados para assistir o que ele prontamente me deu uma enorme lista, o Leandro como eu assiste tudo sem preconceito só para ter, mais e mais material para se inspirar quando pratica o real oficio de mestrar RPG.

Penny Dreadful é sem dúvida um seriado clássico para quem curte RPG’s diferentes, ele tem uma pegada que pode ser usada tanto um Call of Cthulhu (em especial a serie Cthulhu by Gasligth), ou num Castle Falkenstein, ou ainda se preferir um Victorian Age: Vampire, mas é impossível para um bom nerd (um bom nerd é aquele que tem múltiplas nerdices ocupacionais) não observar o seriado com os olhos do grande Alan Moore em sua aclamada The League of Extraordinary Gentleman.

Em Penny Dreadfull, temos no elenco principal:

  • Timothy Dalton como Sir Malcolm Murray, experiente explorador da África negra, a quem não podemos deixar de associar com o Sir Allan Quartermain, Sir Murray é também o pai de Mina Murray (Aka: Mina Harkey, na Liga)
  • Eva Green como Vanessa Ives, enigmática e misteriosa Miss Ives é única personagem do seriado a quem não pude associar diretamente com alguém histórico, ela é o elo sobrenatural que une os demais personagens através de suas visões e de uma possível alusão com um demônio.
  • Josh Hartnett como Ethan Chandler, Charmosos, jovem e rápido no gatilho, na versão para o cinema da Liga ele poderia ser Tom Sawyer, mas qualquer personagem do velho oeste completaria esta figura.
  •  Harry Treadaway como Victor Frankenstein, O dr. Frankestein dispensa apresentações, como na versão relatada por Mary Shelley, este seriado também é um excelente e inspirador tema para mestres e jogadores de Promethean: The Created, mostandro as agruras de ser o monstro ou criador.
  • Reeve Carney como Dorian Gray, como a personagem criada por Oscar Wilde, Dorian é um jovem charmosos, confiante enigmático e sem duvia com o passar do tempo se mostrara cruel.

Todavia com tantos elementos, fantasioso, fantásticos ou ficcionais o seriado é bem “pé no chão” mostrando a Londres Vitoriana de 1891, como ela era, suja com grandes diferenças equalitarias, com a tuberculose tomando seu quinhão da população como o grande mal referido no seriado como “the comsuption”, e as ruas repletas de medo e pobreza. Jack the Ripper ( Jack o estripador) é citado várias vezes em passagens deslocadas ao longo do tema principal, que consiste na busca de Sir Murray em localizar sua filha Mina que se encontra em poder de uma criatura imortal muito poderosa (Drácula??!!).

Penny Dreadful vale a pena assistir pelos seus inúmeros elementos que podem trazer muita inspiração a mestres e jogadores, ajudando os mais inexperientes a conhecer uma pouco mais da realidade de alguns dos grandes cenários de RPG, com uma dose mais real em seus jogos.

Game On!

 
1 comentário

Publicado por em 09/06/2014 em RPG

 

Tags: , , , , , , , , , ,

Você já viu Beer and Board Games?

Blame Society banner

Galera, volta e meia a gente esbarra em uns programas que provocam a sensação “putz, como é que não pensei nisso antes?“. O que normalmente acontece é que o que começa com animação começa a ser substituído pela sensação “a é ideia legal, mas poderia ter sido mais bem feito” ou “falta carisma” ou ainda “no fundo, a ideia não era tão interessante quanto parecia“. Então qual o segredo para um programa com uma boa premissa consiga seguir em frente e manter o interesse dos telespectadores pelo acompanhamento da série?

Matt and Aaron

Além do bom humor, a noção de renovação. E é isso que demonstra a excelente série Beer and Board Games produzida pela  Blame Society Productions e capitaneada pelos sempre presentes Matt Sloan e Aaron Yonda. As mudanças se dão ou pela constante troca de convidados ou pelas roupas usadas pelos jogadores para digamos, ‘entrar no espírito do jogo’ apesar da simples premissa tratar de um grupo de amigos que jogam jogos de tabuleiro enquanto provam diferentes marcas de cervejas (e ficando bêbados no processo). Dê uma sacada. A imagens falam por si (p.s.: o domínio da língua inglesa, por óbvio, é fundamental):

Mas não só de  Beer and Board Games  vive a  Blame Society Productions, Veja a seguir:

Read the rest of this entry »

 
Deixe um comentário

Publicado por em 08/08/2013 em BoardGames, Séries, Vídeo Game

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,

Seriado do Hellraiser anunciado! – DROPS

Olá amiguinhos! Foi anunciado recentemente pela Sonar Entertainment (antiga RHI Entertainment) que será produzido pela mesma um “psycho-thriller” do nosso cenobita favorito, o Pinhead. Ainda não foram divulgados detalhes sobre o plot central da história mas sabe-se que a Sonar está em parceria com a Panacea Entertainment, cujos produtores executivos são  Eric Gardner e Larry Kuppin. O antigo estúdio de Larry, a New World Entertainment foi quem produziu os dois primeiros filmes da franquia cinematográfica.

Um dos aspectos que podem gerar desconfiança é o fato do criador do personagem e do seu universo, o sr. Clive Barker não ter sido mencionado estando envolvido na série. Anteriormente a RHI produzia diversos shows (filmes televisivos) e seriados para o canal a cabo Syfy, mas depois da declaração de falência da empresa e da saída do fundador Robert Halmi e seu filho, a empresa foi renomeada Sonar. Vamos esperar que tenham sensibilidade do material que manipulam e  a gente não acabe assistido um Hellraiser versão boboca para TV. Abraço galera!

HUMANS!!!!!!!!!!!!!!!

 
Deixe um comentário

Publicado por em 04/04/2012 em Séries

 

Tags: , , , ,